Mindfulness: Como é que nos pode ajudar na escola?

0
0
1
s2smodern

Já muito se diz sobre o quão acelerados são os tempos em que vivemos. Além da distração,os mesmos aumentam os níveis de stress e ansiedade. Neste sentido, investigadores do Reino Unido debruçaram-se sobre como a meditação e o mindfulness pode contornar estes sintomas.

Pausa! O que é Mindfulness?

Mindfulness trata-se de conseguir que a mente esteja totalmente atenta e não excessivamente reativa ou sobrecarregada com o que está acontecendo ao nosso redor. Embora a atenção plena seja algo que todos nós naturalmente possuímos, ela está mais prontamente disponível quando praticamos diariamente.

Através de pequenos exercícios diários de meditação e concentração, o objetivo final é o de conseguirmos reagir calmamente, em vez de agirmos por impulso. 

Podemos continuar!

Cientistas da Universidade de Bristol realizaram o primeiro ensaio no Reino Unido para testar a eficácia da terapia nos estudantes universitários. A equipa comprovou que a saúde mental entre os  estudantes universitários pode ser melhorada com a introdução de treino da atenção plena, o mindfulness. As conclusões foram publicadas na Education Research International.

Os investigadores escolheram 57 estudantes de Medicina, que haviam sido encaminhados para participar de um programa de oito semanas de mindfulness. Por estarem mais expostos a situações de stress, as provas sugerem que os estudantes universitários têm maior probabilidade de desenvolver problemas de saúde mental quando comparados com a população em geral.

 

Os alunos praticavam nas formações de mindfulness durante duas horas por dia e comprometeram-se a praticar as técnicas durante 30 minutos entre as sessões. As sessões de formação, que aconteceram entre o outono de 2011 e a primavera de 2015, mostraram aos participantes como é que a nossa mente funciona, como é que o stress afeta a nossa vida, a consciência dos fatores desencadeantes e sintomas de estresse, práticas de meditação e a importância de cuidarmos de nós próprios.

No final dos treinos, os estudantes relataram que o treino da atenção plena superou todas as suas expectativas. Os alunos mostraram-se mais disponíveis e comunicativos com os pacientes depois da formação. 

As descobertas iniciais sugerem que esta formação ajudou os estudantes de Bristol a reduzirem a ansiedade, a preocupação excessiva, padrões de pensamento negativos e a melhorarrem a resiliência ao stress, o bem-estar emocional.

Na Austrália, Nova Zelândia, Canadá e EUA, as práticas de mindfulness fazem parte das disciplinas do curso, mas ainda não foi implementado em todo o mundo. Recomendações de políticas do Conselho Geral de Medicina (GMC), o órgão responsável por melhorar a educação médica no Reino Unido, recomendam o uso de treino de atenção plena para aumentar o bem-estar e a resiliência ao stress.

 

Marcações: Escola, Valores, Saúde , Mente

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias