Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Fusos horários - 7 curiosidades

0
0
0
s2sdefault

Durante muitos séculos, as principais e únicas ferramentas de localização eram as cartas náuticas, utilizadas pelas grandes navegações. Para os navegadores, que exploravam o desconhecido, essas cartas eram uma fonte de informação imprescindível. Um dos principais problemas nessa fase, no entanto, era a falta de padronização. Cada país ou navegador poderia utilizar o seu próprio método para demarcar as regiões e criar a sua própria carta de navegação.

 

Antes do meridiano de Greenwich ser declarado oficialmente, em 1884, as principais linhas utilizadas como marco zero eram os meridianos de Paris, Coimbra e Cádiz. Após a convenção, os fuso horários ficaram padronizados, e mesmo cada país podendo escolher seguir ou não o acordo, a maioria fá-lo. 

1. A Linha Ferroviária dos EUA forçou a criação do fuso horário

Antes da linha ferroviária sair do papel no continente norte-americano, cada local utilizava o seu próprio fuso horário, deixando as coisas um tanto complicadas, especialmente para quem é fanático pela organização. Com as linhas de comboio concluídas, as empresas forçaram o governo a estabelecer regras, até mesmo para que o cronograma dos comboios fosse seguido corretamente.

2. França tem a maior quantidade de fusos horários

 

A explicação está nas suas colónias, com territórios espalhados na América do Sul, Central e do Norte, África, Oceania e Antártida. A França possui 12 marcações de zonas horárias distintas devido a todos esses locais.

3. A China possui apenas um horário oficial

Teoricamente, quatro linhas meridionais cruzam o país, o que deveria significar pelo menos cinco diferentes horários. Porém, em 1949 Mao Zedong substituiu tudo isto por um horário único: o de Pequim, na China inteira. Ou seja, na região mais a leste, o sol não nasce antes das 10 da manhã. Uma loucura!

4. Pólos Norte e Sul não tem fusos horários

Como o Planeta Terra se assemelha muito ao formato de um globo (apesar de algumas teorias sugerirem algo diferente), o fim das linhas meridionais acontece em cada extremo do planeta; ou seja, nos polos. Neste caso, quando alguém vai visitar o local, acaba por usar o fuso horário do país. 

5. O ser humano envelhece mais devagar no espaço do que na Terra

Quanto mais próximo do centro do planeta Terra um objeto ou uma pessoa estiver, mais devagar o tempo deve passar. Isto acontece devido à ação da gravidade. Basicamente, os teus pés envelhecem mais devagar que sua cabeça, mas é óbvio que isso se dá em escala quase insignificante.

Teoricamente, se seguirmos apenas essa variável, no espaço qualquer ser humano ficaria mais velho rapidamente. Todavia, com a ação da velocidade, se pegarmos alguém que esteja na estação espacial, por exemplo, a pessoa vai envelhecer cerca de 0.005 segundos mais devagar devido à velocidade a que a estação viaja em torno da Terra.

6. Arizona e Hawai não seguem horário de verão 

Os habitantes dos estados norte-americanos de Arizona e do Hawai não tem o problema de se perguntar se a hora muda ou não. Nesses locais, que são naturalmente muito quentes e ensolarados, a mudança não faz muito sentido, já que os benefícios são o aproveitamento da luz do Sol por mais tempo e a melhor distribuição do uso da energia elétrica.

7. Jet lag afeta quem viaja para Leste 

Se viajas com frequência, já deves ter notado que ir para Oeste é mais “fácil” do que para Leste, pois os sintomas do jet leg são mais amenos. Isso foi comprovado por investigadores da Universidade de Maryland, que descobriram que o corpo se adapta melhor a dias mais longos (o que acontece quando viajamo para Oeste).

 

Marcações: Viagens , Verão, Mundo, Horário, Relógio

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.