Recuperar a Natureza, depois do lixo

0
0
0
s2sdefault

Pouco popular entre os turistas e com um bairro perto do mar, a praia de Versova, em Mumbai, Índia, nunca atraiu muito a atenção das autoridades locais. À medida que foi perdendo os banhistas, o areal acabou por ser ocupado por pilhas e pilhas de lixo.

Apesar do triste cenário, em 2015 a história ganhou diferentes contornos, graças a um rapaz chamado Afroz Shah. 

Afroz Shah tinha-se mudado recentemente para a zona de Versova, mas, da janela do seu apartamento, não conseguia ver o mar mas sim os resíduos amontoados em toda a praia. "Qualquer um de nós pode afogar-se em plástico!", contou o jovem numa entrevista à CNN

Com a ajuda dum vizinho, o jovem advogado arranjou umas luvas e começou a retirar o lixo acumulado que forrava a praia. Aos poucos, esta iniciativa particular foi ganhando a adesão de cada vez mais voluntários, ao ponto de ser reconhecida internacionalmente. Numa questão de semanas, juntaram-se ao projeto mais de mil pessoas — incluindo moradores da região, ativistas ambientais, políticos, celebridades de Bollywood e moradores dos arredores.

Durante 21 meses, o grupo retirou 5,3 milhões de quilos de resíduos de aproximadamente 2,5 quilómetros de faixa de areia. Além de mudar radicalmente a paisagem, a mobilização foi classificada, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como o maior projeto de recuperação do mundo. O mais incrível, no entanto, ainda estava por acontecer.

Em março deste ano, Shah soube, através de um voluntário que participou na operação de limpeza, que uma espécie de tartarugas estavam a deixar os seus ninhos, a ir em direção ao mar. Na mesma hora, reuniu mais 25 pessoas para proteger o berçário do litoral indiano e assegurar que os cerca de 80 filhotes dessa espécie, típica dos mares tropicais, não tomassem outro rumo ou fossem atacados por animais à espreita.

Enquanto a natureza retoma seu percurso habitual no litoral de Mumbai, Shah confessa ter ainda um desejo: plantar coqueiros.

Marcações: Reciclagem , Praia, Tempos Livres, Lixo

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias