Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Recuperar a Natureza, depois do lixo

0
0
0
s2sdefault

Pouco popular entre os turistas e com um bairro perto do mar, a praia de Versova, em Mumbai, Índia, nunca atraiu muito a atenção das autoridades locais. À medida que foi perdendo os banhistas, o areal acabou por ser ocupado por pilhas e pilhas de lixo.

Apesar do triste cenário, em 2015 a história ganhou diferentes contornos, graças a um rapaz chamado Afroz Shah. 

Afroz Shah tinha-se mudado recentemente para a zona de Versova, mas, da janela do seu apartamento, não conseguia ver o mar mas sim os resíduos amontoados em toda a praia. "Qualquer um de nós pode afogar-se em plástico!", contou o jovem numa entrevista à CNN

Com a ajuda dum vizinho, o jovem advogado arranjou umas luvas e começou a retirar o lixo acumulado que forrava a praia. Aos poucos, esta iniciativa particular foi ganhando a adesão de cada vez mais voluntários, ao ponto de ser reconhecida internacionalmente. Numa questão de semanas, juntaram-se ao projeto mais de mil pessoas — incluindo moradores da região, ativistas ambientais, políticos, celebridades de Bollywood e moradores dos arredores.

Durante 21 meses, o grupo retirou 5,3 milhões de quilos de resíduos de aproximadamente 2,5 quilómetros de faixa de areia. Além de mudar radicalmente a paisagem, a mobilização foi classificada, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como o maior projeto de recuperação do mundo. O mais incrível, no entanto, ainda estava por acontecer.

Em março deste ano, Shah soube, através de um voluntário que participou na operação de limpeza, que uma espécie de tartarugas estavam a deixar os seus ninhos, a ir em direção ao mar. Na mesma hora, reuniu mais 25 pessoas para proteger o berçário do litoral indiano e assegurar que os cerca de 80 filhotes dessa espécie, típica dos mares tropicais, não tomassem outro rumo ou fossem atacados por animais à espreita.

Enquanto a natureza retoma seu percurso habitual no litoral de Mumbai, Shah confessa ter ainda um desejo: plantar coqueiros.

Marcações: Reciclagem , Praia, Tempos Livres, Lixo

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.