Música e desporto: A combinação perfeita para a tua saúde

0
0
1
s2smodern

Sabes aquelas cenas de filme em que a pessoa corre com os auriculares em passada lenta? A verdade é que a música não melhora apenas o bem-estar, mas também contribui para que treines mais e melhor.

Pesquisas sobre este tema são feitas desde 1911, quando se descobriu que os ciclistas pedalavam mais rápido quando acompanhados por música do que em silêncio. Desde então, percebeu-se que as pessoas que praticam exercício físico enquanto ouvem música apresentam níveis menores de cansaço, conseguem treinar durante mais tempo, melhoram a sua performance e mantêm o bom humor. Não é à toa que os ginásios têm uma playlist a tocar ininterruptamente!

Contudo, não é qualquer melodia que provoca estes efeitos; por isso, revelamos a seguir os três passos essenciais para criar a playlist perfeita:

Cria a tua playlist

Claro que é mais fácil recorrer a playlists prontas no Spotify ou noutros serviços de streaming — até porque há muita gente que dedica boas horas da vida para criar playlists incríveis. Porém, de acordo com as pesquisas, o que mais motiva quem vai correr no parque ou fazer exercícios no ginásio são músicas escolhidas pela própria pessoa, que tenham alguma relevância particular.

Por isso, o ideal é passar algum tempo desenvolvendo a seleção ideal para você, com itens que estejam de acordo com o seu gosto e/ou tenham algum significado especial. Aliás, quem faz uma pode já fazer duas ou três, para não enjoar e ter opções para exercícios/objetivos diferentes.

Está atento ao tempo das músicas

A ideia geral é que músicas rápidas e barulhentas são a melhor escolha para exercícios aeróbicos (aqueles que usam oxigénio para gerar energia nos músculos, como correr, nadar ou pedalar). São elas que te motivam a aumentar o ritmo do exercício, aumentando também o número de batimentos cardíacos por minuto até atingir o objetivo do treino.

No entanto, podes criar uma playlist com o objetivo de sincronizar os teus movimentos com a música. Para isso, é podes usar alguns recursos online, como os indicados pelo site Popular Science: um guia da run2rhythm, que ensina a harmonizar o treino com o som e a determinar o teu próprio ritmo (ou seja, quantas vezes por minuto o teu coração deverá bater enquanto você fazes exercício), e o SongBPM, que apresenta o tempo da música no compasso do coração.

Pensa na mensagem da música

Um estudo de 2009 descobriu que não era só o ritmo que influenciava o desempenho de atletas: a letra também teria papel importante. Conforme a pesquisa, canções com mensagens motivacionais são aquelas que fazem com que as pessoas se esforcem mais durante seus treinos. Assim, é interessante dar preferência às músicas que seguem esse estilo.

Por isso aqui vai uma música para te inspirares:

Agora a sério, não basta pensar só nas palavras: é preciso refletir sobre os equipamentos que vais usar. O ideal, principalmente para quem se exercita ao ar livre, é utilizar um auricular de que permita a percepção de ruídos externos — caso contrário, a atividade pode tornar-se num risco para o próprio indivíduo.

Pensa também na hipótese de teres uma braçadeira ou cinto desportivo para colocar o telemóvel ou MP3 enquanto treinas.

Marcações: Desporto, Saúde , Música, Exercício, Músculos, Treino

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Super Size Me"

    Durante um mês, numa tentativa de conhecer os danos causados pela fast-food, o realizador Morgan Spurlock só comeu apenas comida de um sítio: McDonald's.

  • Sínodo sobre os jovens - Vaticano apresenta guião de trabalho

    Sínodo sobre os jovens - Vaticano apresenta guião de trabalho

    Depois do questinário lançado online, surge hoje um documento de trabalho que reflete a realidade das respostas ao documento lançado pelo Vaticano. 

  • Mundial 2018 - A festa mexicana que fez a Terra tremer (literalmente) !

    Mundial 2018 - A festa mexicana que fez a Terra tremer (literalmente) !

    Quando se diz que o futebol mexe com as pessoas, não estamos a brincar: a comemoração do golo da seleção mexicana sobre a alemã, neste domingo (17), na estreia de ambas no Mundial, causou um mini-terremoto na Cidade do México!

  • Como é que os animais veem o mundo?

    Como é que os animais veem o mundo?

    Apesar da importância de todos os cinco sentidos, a visão tem um papel predominante. Mesmo que os animais, em geral, utilizem outras formas de interagir com o mundo, sempre fica a pergunta sobre como veem eles o mundo.

  • "Dumbo" - mais um filme Disney para veres este ano

    Há quem ache que a Disney não está a trazer nada de novo com as versões live-action de clássicos. Mas essas pessoas não são fixes.

  • Diabetes – Uma vida normal

    Diabetes – Uma vida normal

    “Não posso comer mais bolos senão ainda fico com Diabetes”. Provavelmente já ouviste esta frase antes e já sabes que a Diabetes é uma doença que faz com que os níveis de açúcar do sangue (glicémia) estejam acima do valor normal. 

  • Para lá da música:

    Para lá da música: "The Greatest Gift" de Sufjan Stevens

    Já passou quase meio ano desde que Stevens lançou The Greatest Gift. Um álbum que, à primeira vista, parecia um simples remake do seu grande trabalho Carrie & Lowell (2015), mas que trazia pelo meio algumas “pérolas” originais. Um desses originais é precisamente este The Greatest Gift, que dá nome ao álbum.

  • Viajar até Vénus? A NASA mostra!

    Viajar até Vénus? A NASA mostra!

    Marte tem sido o principal assunto quando se fala em exploração espacial. Apesar da distância, este planeta possui condições muito mais favoráveis do que Vénus, o que facilita o envio de sondas — e possivelmente até seres humanos, num futuro não tão distante.

  • 10 passos para estabelecer objetivos

    10 passos para estabelecer objetivos

    Alguém disse: “Se não sabes para onde vais, podes ir ter a qualquer outro sítio”. Os objetivos ajudam-nos a chegar onde queremos, a fazer o que queremos e a ser o que queremos. Estabelecer objetivos é uma das artes mais importantes para ser feliz. 

  • No século XXI, há um novo idioma no mundo

    No século XXI, há um novo idioma no mundo

    Um novo idioma foi recentemente descoberto na região da Malásia, chamado "Jedek". Falado por apenas cerca de 280 pessoas no mundo, foi documentado pelos linguistas Niclas Burenhult e Joanne Yager, da Universidade Lund, na Suécia, após uma vasta pesquisa de campo realizada na região peninsular que fica no norte do país.

  • Histórias para Crescer: O elefante e os cegos

    Histórias para Crescer: O elefante e os cegos

    Diz a lenda que numa cidade da Índia viviam sete sábios cegos. Como eram excelentes a aconselhar, todas as pessoas recorriam à sua ajuda quando tinham problemas. Apesar de serem amigos, havia uma certa rivalidade entre eles e discutiam frequentemente sobre quem seria o mais sábio.

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Selma"

    Esta semana recomendamos um filme que conta a história de Martin Luther King Jr.