Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Before the Flood – O que não está na moda, na voz de quem está

0
0
0
s2sdefault

É já neste mês de outubro que o documentário Before the Flood, produzido e protagonizado por Leonardo Dicaprio, faz um ano desde a sua data de lançamento internacional. Foi gratuito no canal da National Geographic e transmitido em todo o mundo com um único objetivo – apresentar o estado da problemática que, infelizmente (ou não) está batida– as alterações climáticas. Aqui explicamos-te o porquê de ver e interpretar a longa metragem que sofreu uma grande aclamação positiva do público e que se revela como um dos trabalhos mais apaixonantes do ator norte americano.

 

 Visão pessoal

Before the Flood não tem guião, não expressa sentimentos criados por um autor e não relata uma história longe de cada um de nós – é sobre a vida e expõe isso mesmo, a vida. Mais do que expor como o cidadão comum reage perante problemas ambientais, o documentário evidencia o mais sincero desassossego de Dicaprio em relação ao assunto em voga. Não, não vemos mais um rosto hollywoodesco, mas sim um homem  que procurou compreender melhor o que está a acontecer com o planeta e como é que o caso se pode reverter. Leonardo Dicaprio expõe-se, assim, com uma constante autocrítica, admitindo ter uma pegada ecológica demasiado grande, bem como ter pouco ou nenhum conhecimento científico sobre a temática. Dúvida, medo e ansiedade são constantes ao longo dos 90 minutos de filme que se tornam desconcertantes quando nos apercebemos que, de repente, somos tão humanos como um ator internacionalmente conhecido.

“Porquê? Quando? Como?” Questionar é chave

Diz-se por aí que as crianças estão nas idades dos porquês. Mas neste caso os porquês não têm idade, não quando estamos a falar de curiosos, e é na ciência que a curiosidade tem um lugar ao sol. Ora, quando falamos de alterações climáticas, não há exceções. Assim sendo, uma porção do documentário é inteiramente dedicada a explicações científicas que esclarecem os clickbaits que correm os media: o degelo dos polos, as cheias eminentes e a subida do nível médio das águas do mar. Tudo elucidado, tudo esmiuçado, não pelo ator, mas sim por climatólogos, astronautas, engenheiros ambientais, biólogos e ainda economistas. Em Before the Flood, a ciência ocupa o trono e esclarece imensas dúvidas – até as mais infantis.

Uma visão (literalmente) global

O documentário é uma autêntica viagem pelo mundo em 90 minutos, que se desenrola pelos 5 continentes e pelo Ártico. Desde Miami, onde as cheias são um problema alarmante, até à Suécia, 1ª nação a tornar-se 100% livre de combustíveis fósseis, deparamo-nos com diferentes realidades, diferentes culturas, mas um problema único – o aquecimento global. Desta forma, Leonardo Dicaprio visita diversos locais onde a exploração de matéria prima é excessiva e tem um impacto assustador nos habitats naturais (veja-se o caso da Indonésia, Nova Deli e Alberta), bem como cidades onde novas estratégias são delineadas (Paris, Vaticano e Nevada). Assim sendo, que não restem dúvidas – o desafio é global.

Um brilho no olhar

Before the Flood é profundo, sincero e toca o coração daqueles que por si só já se preocupam com o ambiente, e consegue-o ao dizer coisas  que magoam os amantes da natureza: extinção de espécies animais, perda de paisagens únicas e o constante sentimento de sou tão pequeno, que posso fazer?” No entanto, ainda que o pessimismo paire pelos frames do documentário (e pela consciência do ator), há um toque de esperança que surge sob a forma de soluções. Afinal de contas, qual o objetivo de um documentário deste calibre, se não o de colocar soluções em cima da mesa?

Documentários não estão na moda, mas Before the Flood nega essa tendência. Talvez pela direção minuciosa, rostos com histórias humanas ou cinematografia estonteante, uma coisa é certa: Before the Flood traz ao de cima o desafio do século XXI – o aquecimento global. 

Marcações: Poluição, Filmes, Aquecimento Global, Animais, Documentários, Hollywood, Inundações, Energia Renovável, Energia fóssil

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.