Sabes tudo sobre o chocolate?

0
0
0
s2sdefault

Consegues imaginar um mundo em que o chocolate é visto com relutância e suspeita? É verdade! É caso para dizer "passou de besta a bestial". 

 

Chocolate tem 600 moléculas de aroma 

Quando as mães dizem que se deve comer chocolate devagar, raramente alguém as ouve. Com 600 moléculas de aroma, o chocolate precisa de tempo para ser apreciado. Cientistas estudaram os 600 produtos químicos e descobriram que para criar o perfume de cacau são necessários apenas 25. O sabor vem do olfato, uma vez que ao colocar o chocolate na boca, a manteiga de chocolate derrete e as moléculas dispersam-se nas passagens orais e nasais, por isso que, para saboreá-lo de fato, é necessário tempo. Os produtos químicos deixam de funcionar e perdem sabor quando o chocolate é ingerido com muita rapidez.

A embalagem é importante 

Um estudo realizado em 2019 com voluntários que se ofereceram para “testar” chocolates comprovou que a embalagem faz a diferença. Num primeiro momento, os voluntários provaram o chocolate sem qualquer embalagem. Depois, já com a embalagem  tiveram que descrever os sentimentos que o produto provocava, além de pontuar o sabor e probabilidade de compra no supermercado. E foi aí que a embalagem fez diferença nas classificações. As notas de sabor caíram quando a embalagem era “decepcionante”. As embalagens sofisticadas tiveram uma probabilidade maior de serem adquiridas, a aparência provou-se surpreendentemente poderosa.

Remédio de chocolate?

O xarope de chocolate é essencial nas gelatarias, mas no século XIX era fundamental em todas as farmácias. Isso mesmo. Naquela época, os farmacêuticos usavam pó de cacau amargo e misturavam com grandes doses de açúcar, formando um xarope espesso, utilizando-o para tratamento da dor de cabeça. Além disso, o xarope era uma boa arma para fazer com que as crianças aceitassem os remédios menos saborosos. 

Marfim revestido de chocolate

O comércio de marfim foi proibido há 30 anos, mas por se tratarem de peças muito valiosas, as presas de elefantes continuaram a ser movimentadas num mercado paralelo. Só em 2011, estima-se que cerca de 50 mil elefantes tenham sido mortos com base na quantidade de marfim apreendido. E para conseguir passar pelas fronteiras, os contrabandistas usavam muitos artifícios.

Em 2013, funcionários de Macau fiscalizaram a bagagem de dois homens porque ficaram desconfiados ao encontrar 583 barras de chocolate com um peso fora do normal - 34 kg.  Os homens abriram as “barras” e mergulharam em água morna e descobriram que se tratava de marfim revestido de chocolate. 

 

Marcações: Valores, Comida, Chocolate

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.