Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo de Ramos

0
0
1
s2smodern

Hoje é um dia favorável para analisar as razões que temos para abandonar projetos, caminhos, atividades, pessoas …  Todos nós temos momentos da nossa vida em que possivelmente fizemos “marcha-atrás” , momentos em que dissemos “Não posso mais!”

 

DOMINGO DE RAMOS |  Lc 23, 1-49 

 

Jesus, por sua vez, encontra-se ante a prova mais dura que teve de suportar. É possível que tivesse imaginado um final da sua vida pública com abandono maciço de pessoas e de discípulos.

Mas o que não podia imaginar era que naqueles momentos Deus o deixasse só. Poucas cenas chegam a exprimir, com tanta sobriedade como dramatismo, a solidão de Jesus perante a morte como o grito que Lhe provocou o abandono de Deus na Cruz: Por que me abandonaste?

O Deus insensível à dor de Jesus e à injustiça da sua morte, dá lugar ao Pai obedecido sem resistências. Neste Evangelho, o momento da morte de Jesus é-nos apresentado como o da fidelidade suprema de Jesus: Jesus aceita fazer o que o seu Pai queria.

Mesmo sabendo que a obediência lhe custava a vida, Jesus enfrenta a morte sem renunciar o seu Pai.

Ao relembrar a morte de Jesus, surge a pergunta: De que maneira levamos as Cruzes da nossa vida? Que certeza temos da presença de Deus e que confiança temos em Deus enquanto levamos a cruz?

Bom domingo

Marcações: Valores, Evangelho, Jesus , Páscoa, Quaresma

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias