Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo I da Quaresma

0
0
1
s2smodern

O deserto é um lugar misterioso, onde tanto a sobrevivência como a morte caminham lado a lado. Um lugar desafiante, onde também Deus conduz os profetas para lhes poder falar ao coração, onde caminha com o povo hebreu, partilhando a sua vida.

 Domingo I da Quaresma | Lc 4, 1-13 

 

Se pensarmos bem, também as nossas cidades, os locais onde vivemos, podem ser um verdadeiro deserto – um deserto de solidão e tristeza; o deserto de uma crise que avança sem piedade; o deserto da doença que desampara famílias, o deserto de muitas perguntas sem respostas.

Mas, se o Evangelho nos convida a entrar no deserto, é porque nele podemos encontrar também uma semente de esperança. No deserto são as estrelas que apontam o caminho. Talvez também, dentro de nós, consigamos descobrir a nossa luz, através do silêncio que permite a escuta, a luz que desmascara as trevas, a presença capaz de um encontro …

Nas três tentações Jesus convoca Deus ao seu lado. “Está escrito”, está gravado no coração! Porque o que se escreve permanece, é promessa, é realidade. Neste evangelho, Jesus contrapõe sempre um amor maior: o de um Pai que nunca O abandona.

Mesmo quando caímos nos desertos da vida, Deus está presente. Se calhar não como gostaríamos, mas à sua maneira. E não para evitar a queda, mas para ajudar a levantar e continuar. E, então, fazer florescer um oásis no nosso deserto. E isto tudo … é o Evangelho a ser escrito na nossa vida.

Bom Domingo!

Marcações: Evangelho, Jesus , Silêncio, Páscoa, Quaresma, Deserto

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias