A ansiedade nas palavras deles

0
0
1
s2smodern

Tem sido crescente a atenção dos media para as questões relacionadas com a saúde mental. Também algumas figuras públicas aproveitam o espaço que lhes é dado para falar destas questões e como as ultrapassaram. 

Shawn Mendes

"O grande problema para mim era o facto de não falar com o Andrew. Entrava cada vez mais num buraco negro. Por isso, sempre que tenho um problema, por mais pequenino que seja, eu falo com ele imediatamente. Porque se não resolves o problema logo que ele comece, o mesmo vai começar a ficar maior. Quanto mais guardava as coisas para mim, mais as pequenas coisas, como dar autógrafos, me causavam uma imensa ansiedade. Quando explico tudo, quando as coisas saem da minha cabeça e juntos resolvemos a situação, consigo dar autógrafos, concertos, uma tour num dia...nenhuma destas coisas se torna num problema. Entrevista à Billboard Live Music Summit 

Selena Gomez

"As digressões tornam-se num sítio solitário. A minha autoestima ficava mesmo em baixo. Comecei a ter ataques de pânico ainda antes de entrar em palco ou mesmo depois do concerto. Sempre sentia que não fui boa o suficiente, que não era capaz. Senti que não estava a dar tudo aos meus fãs e que eles conseguiam ver isto - o que é uma completa mentira... O que eu queria dizer é que a vida é tão stressante e eu às vezes sinto o desejo de sair dela. Mas eu não estava a conseguir resolver as minhas coisas sozinhas e decidi partilhar com alguém." Entrevista à Vogue

Miley Cyrus

"Eu tinha ataques de ansiedade desde pequena. Ficava cheia de calafrios, sentia que ia desmaiar ou então vomitar. Acontecia sempre antes dos concertos e eu cancelava. Assim a ansiedade começou a gerar ansiedade. Eu estava com os meus amigos e só pensava "Eu devia estar a fazer mais coisas". Tu entras neste buraco negro de tal forma que parece que nunca vais conseguir sair." Entrevista à  Marie Claire

Demi Lovato 

"Eu sentia tal ansiedade que sentia que estava drogada. Cheguei a ter problemas na tiróide porque estava tão stressada e tão ansiosa com tudo. Lembro-me mesmo de ir ao hospital uma vez porque sentia mesmo que tinha sido drogada: Estava a ter um ataque de ansiedade. Se começo a ter esses sintomas, só preciso de respirar bem fundo até sentir que consigo controlar a minha respiração. " Entrevista ao Huffington Post

A abertura tem sido cada vez maior. Encarar estas questões com naturalidade é um dos primeiros passos. Se te identificas com algum destes sintomas, faz o mesmo que eles fizeram: fala com alguém! Procura ajuda... Afinal, estão muitos mais a passar pelo mesmo que sentes. 

Marcações: Escola, Saúde , Ansiedade, Relações

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias