Comer bem ou tomar banho?

0
0
1
s2smodern

Acabaste agora de almoçar! Só podes ir à água quando fizeres a digestão!”Certamente já conheces esta frase. Muito provavelmente já ouviste os teus pais, tios, avós ou educadores a dizê-la, principalmente na altura das férias do Verão. E será que eles têm razão? Aqui fica uma sugestão pessoal da possível explicação para esta ideia ter entrado no nosso dia-a-dia.

 

Como sabes, quando ingerimos uma refeição, os alimentos percorrem o nosso sistema gastrointestinal sofrendo vários processos para que os nutrientes importantes sejam aproveitados pelo organismo. No entanto, para que tudo funcione bem é necessário que os alimentos passem à velocidade certa pelos diferentes órgãos deste sistema, o que faz com que a digestão não seja um processo imediato mas demore algum tempo a ser concluído.

Para além disso, os nutrientes ao serem absorvidos têm de ser transportados para os locais onde vão ser usados, como os músculos e o cérebro, mas também para os locais onde são armazenados para mais tarde puderem ser utilizados. E como se faz o seu transporte? Através do sangue.

Assim sendo, como o nosso organismo é muito eficiente, durante a digestão há um grande movimento de sangue para os órgãos do sistema gastrointestinal, tais como o estômago e o intestino. Desta forma, passamos a ter o sangue mais concentrado nestes órgãos, deixando de estar tanto à periferia, como na pele, onde tem uma extrema importância para regular a temperatura do nosso corpo.

Então qual é o problema de ir ao mar ou de tomar banho depois de comer?

Se após uma refeição tomarmos um banho de água fria (seja no mar, na piscina, ou numa banheira), o que acontece é que o sangue volta a deslocar-se para a periferia para tentar regular a nossa temperatura. Assim, deixa de estar tão disponível para a digestão, levando a que esta seja mais lenta e possam surgir alguns dos sintomas a que normalmente chamamos “paragem de digestão”. E no fundo é isso mesmo: a digestão fica “interrompida” porque não tem as condições necessárias para que tudo aconteça da melhor maneira.

Assim sendo, o que devemos fazer: não comer, esperar que passe o tempo necessário para fazer bem a digestão, ou ignorar este conselho e tomar banho na mesma?

O melhor será sempre esperarmos o tempo necessário para acabarmos a digestão. Isso será o mais seguro! No entanto, existem outras alternativas, que agora perceberás mais facilmente e que podes ter em conta quando ingerires refeições mais leves:

  1. Se fores lentamente ambientando o teu corpo à temperatura da água será mais provável que menos sangue tenha de se deslocar repentinamente do sistema gastrointestinal para a periferia. Deste modo será menor o impacto na digestão, sendo possível que nem tenhas qualquer sintoma associado
  2. Se tomares um banho em água cuja temperatura está próxima da tua temperatura corporal então não será necessário o teu corpo tentar regulá-la. Como tal, o sangue poderá continuar mais concentrado nos órgãos responsáveis pela digestão de modo a que o processo prossiga normalmente

Mas atenção: Quando ingerires muitos alimentos a digestão será mais difícil e demorada, pelo que será realmente importante que esperes algum tempo até tomares um banho em água fria, mesmo tendo em conta estas ideias!

Marcações: Verão, Saúde , Tempos Livres, Digestão

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • 6 dicas para se tornar num bom ouvinte

    6 dicas para se tornar num bom ouvinte

    Ser um bom ouvinte torna-nos melhores pessoas, isto porque cultiva a nossa maturidade emocional, a generosidade e a empatia. É possível tornar-mo-nos num bom ouvinte? Claro que sim, com estas pistas! 

  • Os melhores livros para se ler na toalha!

    Os melhores livros para se ler na toalha!

    Pode custar acreditar, mas não há muito tempo atrás as pessoas iam para a praia sem os telemóveis. "Mas o que é que faziam na praia então?" - isto que te vamos sugerir.

  • Espreita as primeiras imagens do novo filme

    Espreita as primeiras imagens do novo filme "Mulan"

    A primeira fotografia da próxima adaptação do filme "Mulan" da Disney está aqui. Lançada nas redes na passada segunda-feira, a produtora apresentou a atriz protagonista. 

  • Ter uma atitude positiva ... Como?

    Ter uma atitude positiva ... Como?

    O ser humano não foi feito para estar isolado, mas culpar as pessoas e a sociedade por quem és ou pelas tuas falhas e fracassos não é a melhor opção. Uma atitude positiva pode mudar a tua perspetiva em relação à vida e às pessoas que te rodeiam. 

  • Não ter impressões digitais - é possível?

    Não ter impressões digitais - é possível?

    És daquelas pessoas que tem problemas quando te pedem as tuas impressões digitais? De facto há pessoas que não tem uma impressão digital clara, mas não inexistentes. No entanto, estudos constatam que há quem fuja à regra.

  • Pixar: os estúdios onde a magia acontece

    Pixar: os estúdios onde a magia acontece

    Atire a primeira pedra quem não goste de ver  um bom filme de animação. Não adianta: é praticamente unânime. Quem não se ri da Dory ou não se emociona com os velhinhos do “Up – Altamente"?

  • Ler livros - 5 benefícios para a tua mente!

    Ler livros - 5 benefícios para a tua mente!

    Quando foi a última vez que leste um livro ou um bom artigo? Os teus hábitos diários de leitura estão centrados nos tweets, atualizações no Facebook ou receitas de panquecas "fit"? Isto é para ti!

  • Filmes que Desafiam: A vida de Pi

    Filmes que Desafiam: A vida de Pi

    Para o serão de hoje convidamos-te a ver um filme que te vai deixar a refletir o resto da semana. 

  • Telescópio Tess captura imagens de um cometa no sistema solar

    Telescópio Tess captura imagens de um cometa no sistema solar

    Queres mais uma prova do quanto a tecnologia dos equipamentos de observação espacial avançou nos últimos anos? 

  • O sol e a pele

    O sol e a pele

    Chegou o calor e com este a vontade de ir à praia. Voltamos a puder passear junto ao mar, jogar futebol ou voleibol o dia todo, dormir uma boa sesta com o som das ondas a baterem na areia, ou simplesmente estar deitados ao Sol a bronzear. Tudo isto nos sabe bem e faz-nos recordar tantos Verões que já passaram. No entanto, nesta altura é frequente também que nos relembrem da importância de nos “protegermos” do Sol e não é raro ouvir os pais, avós ou tios a dizerem: “Não te esqueças de pôr protetor solar”. E tudo isto porquê?

  • 5 paisagens surreais trabalhadas pela natureza

    5 paisagens surreais trabalhadas pela natureza

    Existem alguns lugares espalhados pelo planeta Terra que, de tão incríveis e estranhos, não parecem paisagens naturais. Estes locais dão a impressão de terem saído de alguma obra de ficção.

  • O que acontece no nosso cérebro quando nos apaixonamos?

    O que acontece no nosso cérebro quando nos apaixonamos?

    Já deves ter ouvido a expressão que "o amor é uma droga". Não é à toa, e hoje explicamos-te porquê!