Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

10 passos para estabelecer objetivos

0
0
0
s2sdefault

Alguém disse: “Se não sabes para onde vais, podes ir ter a qualquer outro sítio”. Os objetivos ajudam-nos a chegar onde queremos, a fazer o que queremos e a ser o que queremos. Estabelecer objetivos é uma das artes mais importantes para ser feliz. 

 

1. Faz uma lista das tuas esperanças, sonhos e desejos. O que queres realmente? O que é que te inspira? Com que é que sonhas acordado? Se pudesses fazer qualquer coisa, o que farias?

2.  Faz uma lista dos teus valores. O que é importante para ti? O que é que te preocupa mais? O que é que dá sentido e significado à tua vida? O que é realmente importante? Pensa nas pessoas que são exemplo para ti, aquelas pessoas que admiras e gostarias de imitar.

3. Faz uma lista dos teus talentos, forças e capacidades. Quais são os teus dons? Em que é que te destacas? Podes incluir na tua lista aqueles talentos, forças e capacidades que só agora começam a despontar.

4. Define um objetivo. O teu objetivo deve relacionar-se com os teus sonhos, valores e capacidades. Por outras palavras, deve ser algo que queres, algo que aprecias e algo que conseguirás fazer. Dá ao teu objetivo o poder dos três “P”: Positivo, Pessoal, Possível. Mas também:

  • Detalhado. Esclarece claramente os detalhes do teu objetivo.
  • Mensurável. Define exatamente o que queres conseguir. Quando um objetivo é mensurável, tu sabes quando o atingiste.
  • Viável. O teu objetivo deve ser ambicioso mas deve estar ao teu alcance. Caso contrário, acabarás por perder a motivação de o conseguir alcançar.
  • Relevante e recompensador. O teu objetivo deve ser significativo para ti. Tem de ser algo que desejas. Caso contrário, não percas o teu tempo.
  • Calendarizado. Marca uma data para começares a trabalhar o teu objetivo. E uma data para o terminar.

5. Faz uma boa planificação. Algumas pessoas gostam de trabalhar da frente para trás, começando com a data de finalização. Primeiro, pensa nos grandes passos que terás de dar. Divide os grandes passos em passos mais pequenos. Faz planos diários, semanais, mensais e anuais. Pensa a sério em tudo o que vais precisar para atingir o teu objetivo: capacidades, recursos, tempo, conhecimentos, ajuda de outros. Que problemas poderão aparecer? O que é que te pode impedir de atingir os teus objectivos? Pensa antecipadamente nos percalços e nas soluções.

6. Pensa no “processo” e não apenas no “resultado”. Usa termos ativos (“fazer”, “aprender”,“perguntar”, “esperar”, “procurar”, “pedir”, “terminar”) para descrever a tua caminhada rumo ao objetivo. Concentra-te no que estás a fazer. É isso que podes controlar. O resultado final pode ser afetado por razões que tu não controlas. Se isso acontecer e só estiveres interessado no resultado, vais sentir-te um fracassado.

7. Escreve tudo. Escreve os teus planos num papel. Inclui o maior número possível de detalhes. Deixa algum espaço para acrescentar detalhes de que te lembres depois. Assina o teu plano. Fizeste um contrato contigo mesmo.

8. Acompanha o teu progresso. Cada dia (ou cada semana, cada mês, dependendo dos teus objetivos e dos prazos que estabeleceste), verifica onde estás em relação à meta. Seguiste o plano traçado? Estás a seguir os passos necessários para chegar ao teu objetivo? O que é que saltaste? O que esqueceste? Estás mais longe do que julgavas?

9. Sê flexível. Revê os teus planos sempre que necessário. É o teu objetivo. Tu é que deves decidir como o alcançar. Faz com que a tua planificação funcione a teu favor, não contra ti.

10. Recompensa-te de cada vez que ultrapassas uma etapa. Varia as tuas recompensas. Pequenos passos merecem pequenas recompensas. Passos grandes merecem recompensas maiores.

Marcações: JOvens, Escola, Valores, Objetivos, Sonhos

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.