Fumar pode não matar, mas mói

0
0
1
s2smodern

Provavelmente começaste a ler o título e pensaste “mais um texto a dizer o mesmo de sempre”. E talvez até seja verdade, visto que a maioria das informações sobre o tabaco já são conhecidas há muitos anos e, por isso mesmo, aquilo que vais encontrando é sempre semelhante mas dito de forma diferente. No entanto gostava que olhasses para este texto pelo menos como uma oportunidade para aprenderes algo.

 Para te ajudar, olha para este cigarro como uma linha do tempo. Quando chegar ao fim também já terá acabado o texto.

 cigarro1

Apresento-te um cigarro. Talvez já conheças algumas coisas que fazem parte da sua constituição enquanto nunca ouviste falar de outras: Benzeno, Butadieno, Arsénio, Cádmio, Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, entre outros. No fundo um conjunto de nomes de substâncias estranhas que não nos dizem muito. Contudo, é bom saber que quando um cigarro é queimado liberta-se um cocktail de mais de 5.000 químicos. Para melhor perceberes do que estamos a falar, resolvi detalhar mais um bocadinho duas ou três destas substâncias:
O benzeno, por exemplo, é uma substância que se obtém a partir do petróleo. Já o butadieno é um produto utilizado no fabrico de borracha e os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos são um grupo de químicos que destroem diretamente o nosso DNA, facilitando a formação de células de cancro. Como podes ver, o cigarro tem na sua constituição uma grande variedade de químicos que são utilizados em indústrias e que são altamente prejudiciais para a nossa saúde.
É claro que não podia deixar de referir também o próprio tabaco em si, que provém das folhas de plantas, o que até leva a pensar que pode ser algo saudável. Contudo, é este que contém uma substância chamada nicotina que faz o nosso corpo ficar viciado no tabaco.

Neste momento é provável que ainda aches que não aprendeste muito mais do que já sabias. No entanto vamos ver mais algumas informações. (Eà medida que formos avançando no texto o tempo vai passando, por isso o cigarro já não se encontra inteiro):

cigarro2

 

 

Então como é que os químicos chegam ao interior dos cigarros?

 Há várias formas disso acontecer: alguns são encontrados diretamente nas plantas do tabaco, outros são absorvidos por essas plantas a partir do solo, ar ou fertilizantes, e outros ainda formam-se ou são adicionados ao cigarro durante o processo de fabrico do mesmo. Finalmente há alguns que só estão presentes quando o cigarro está a arder, ou seja, só são libertados quando alguém decide fazê-lo, ao acender um cigarro. (Sim, está nas mãos de cada um estas substâncias serem libertadas ou não).

E entretanto já se queimou mais uma parte do cigarro: É isto mesmo que acontece na vida real. O cigarro vai ardendo e os vários químicos que contém vão sendo consumidos pela pessoa que fuma ou até mesmo por quem está por perto.
O que se tem descoberto é que as pessoas que fumam estão sujeitas a uma grande variedade de doenças e não só ao cancro, como muitas vezes se ouve falar.

O tabaco contribui também para a aterosclerose que é uma doença na qual acumulamos gordura nas paredes das nossas artérias, aumentando assim o risco de ter um enfarte ou um AVC; contribui também para o aparecimento de palpitações e para a doença pulmonar crónica. Para além disso, para teres uma ideia as pessoas que têm asma e fumam acabam por ter asma mais grave, mais internamentos por causa desta doença, uma diminuição maior da função dos pulmões e um risco mais elevado de morrer, o que demonstra o efeito prejudicial do tabaco.

Finalmente, temos também de nos lembrar das pessoas que fumam de forma involuntária por estarem perto de quem o faça: também estas correm um risco maior de ter doenças do aparelho respiratório.

 cigarro3

Como vês, o tempo foi passando e o cigarro foi-se consumindo. Estás muito próximo do fim do mesmo. No entanto, isso significa que também a linha do tempo está a chegar ao fim. Vais deixar que isso aconteça? Ou da próxima vez que quiseres ou vires alguém a dar início a esta linha vais querer parar bem no início?
Fumar pode até não matar mas muito provavelmente vai-te tirar qualidade de vida!

Marcações: Saúde , Medicina, , Doenças, Fumar, Médicos, Tabaco

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Como serão os raios-x de animais?

    Como serão os raios-x de animais?

    As imagens que vais ver a seguir consistem em radiografias que foram feitas pelo pessoal do Jardim Zoológico de Oregon, nos EUA, como parte dos exames de rotina aos animais que lá vivem. Como podes comprovar abaixo, além de reveladores — do ponto de vista científico e veterinário —, as imagens são mesmo fascinantes. 

  • 4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    A Festa do Cinema decorre até ao dia 24 de outubro (quarta-feira), com mais de 10 mil sessões em todo o país. Parece muito? Não sabes por onde começar? Nós damos uma ajuda. 

  • Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    As contradições da vida moderna encontram na obra de Pawel Kuczynski um lugar de destaque. Os temas que o artista aborda nos seus desenhos giram em torno da relação da humanidade com o mundo que a cerca — desde o vício das redes sociais às estratégias da TV para fisgar a audiência. 

  • 15 Factos matemáticos divertidos

    15 Factos matemáticos divertidos

    Quem disse que a Matemática é uma seca, não leu este artigo!

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Capitão Fantástico"

    O filme desta semana fala-nos da importância da família e da importância que as coisas simples tem na nossa vida. 

  • Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Um grupo de investigadores da Universidade de RMIT, na Austrália, criou um tipo de letra – a Sans Forgetica, e garante que a mesma é capaz de aumentar a capacidade de memorização.

  • Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Não adianta negar: um dos maiores pesadelos dos alunos são os trabalhos de casa. Muitas vezes questionam-se porque é que devem estudar ainda mais do que já estudam na escola, e ainda que esses questionamentos deem lugar à aceitação (ou quase) na adolescência e na fase adulta, a verdade é que sempre temos que rever em casa o conteúdo lecionado durante o dia.

  • As marcas mais poderosas do mundo

    As marcas mais poderosas do mundo

    A Interbrand é uma importante consultora de marcas e todos os anos avalia as marcas mais poderosas. Já é conhecida a lista deste ano, sabes quais são?

  • Porquê adotar um cão?

    Porquê adotar um cão?

    São cada vez mais os adeptos da adoção de cães em vez de compra. Para além de "salvar" a vida do companheiro de 4 patas, o custo é irrisório quando comparado aos preços praticados por lojas de animais. 

  • Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    O Evangelho desta semana conta-nos uma história que te deve ser conhecida.

  • #respectbattles - a música como

    #respectbattles - a música como "arma" do respeito

    Podemos não concordar com os pontos de vistam, com as opções de vida que algumas pessoas ao nosso redor tomam. Mas se há algo que é obrigatório (e que vemos a desvanecer-se aos poucos) é o respeito pelo outro. A APAV não ficou indiferente e criou uma campanha original.

  • Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Se há algo muito debatido nos dias de hoje, são as regras de beleza, às quais muitos tentam corresponder. Mas sabias que nem sempre foi assim?