Celebrar o Dia da Mulher: Um livro por dia, nem sabes o bem que te fazia

0
0
1
s2smodern

No último dia desta semana, recomendamos um clássico da literatura para continuarmos a celebrar o papel da mulher na sociedade.

 

Bertrand.pt - Mulherzinhas

Não faltam versões com capas fixes deste livro. Este é da Bertrand, mas há outras ainda espalhadas nas diversas estantes de livrarias. O livro conta a história das irmãs Meg, Jo, Beth e Amy. Com a partida do pai para a guerra, as jovens passam por um período difícil, confrontando-se com problemas económicos inesperados. No entanto, a união familiar e o espírito lutador que conseguem manter juntamente com a mãe ajudam-nas a ultrapassar todas as dificuldades. Quer em casa quer nas relações com os amigos e vizinhos, conseguem surpreender e continuar a ser fiéis aos seus sonhos, vivendo todos os dias com esperança e boa disposição. 

Com as peripécias habituais de cada jovem rapariga, este livro é verdadeiramente intemporal (sim, eu li, a minha mãe e a minha irmã também o leram... e é de 1868!). Na altura, o sucesso deste livro levou Louisa May Alcott a escrever uma sequela chamada Boas Esposas. O livro rapidamente tornou-se, nos finais do século XIX, num símbolo da luta pela igualdade de direitos nos EUA. 

Há ainda um filme baseado neste livro de 1994, sob a realização de Gillian Armstrong

Marcações: Valores, Direitos, Mundo, Livros, Arte, Artistas, Mulher, Igualdade

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias