Celebrar o dia da Mulher: um livro por dia, nem sabes o bem que te fazia

0
0
1
s2smodern

Hoje propomos-te um livro de banda desenhada, que foi adaptado ao cinema em 2007. 

Imagem relacionada

A capa do livro, à venda na Bertrand

A BD, assim como o filme, conta a história de Marjane, uma mulher iraniana que sofre mudanças profundas na sua vida à medida em que a religião e o governo do seu país também mudam.Com a Revolução Iraniana, houve a transformação do Irão, que antes era uma monarquia comandada pelo xá Mohammad Reza Pahlevi (que tomou o poder com a ajuda da CIA e apoiava o Ocidente), para uma república sob o poder do aiatolá Ruhollah Kohmeini.

Este movimento aconteceu por causa da impopularidade do regime dos xás, pois não atendiam às necessidades básicas da população, mas também era um governo que promovia a repressão politica aberta e deliberada, por meio de prisões, censuras, torturas e até mesmo assassinato dos opositores ao regime político imposto pelo xá.

Apesar de ser uma animação, o livro consegue ser um dos relatos mais realistas sobre a Revolução Iraniana, misturando os acontecimentos com as várias mudanças que acontecem com a personagem principal.

Marjane contribui para esse toque de realidade, uma vez que quem está ali, na verdade, não é uma personagem, mas sim uma pessoa real, contando a sua própria história de forma limpa e como se sentia em relação aos acontecimentos do Irão. Marji mostra sua vida fora do país, na França, expondo como se sentia deslocada, o que a faz retornar à sua terra natal e concluir seu curso de Artes Visuais numa universidade onde censuravam grandes obras de arte por conter nudez. A protagonista viveu a revolução do seu país, mas também a sua própria, não deixando de explorar fortemente sua vida social, os seus pensamentos, hábitos, sentimentos e mudanças do seu corpo, mostrando o quanto os acontecimentos do Irão afetavam sua vida.

Marcações: Valores, Livros, Arte, Filmes, Artistas, Banda Desenhada, Conflitos, Mulher, Dia da Mulher

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias