Liberta-te!

0
0
1
s2smodern

O evangelho de São Marcos leva-nos, nestes domingos do Tempo Comum a percorrer os mesmos caminhos de Jesus, encontrando as mesmas pessoas e cruzando os mesmos olhares. Hoje, a nossa vida e a nossa fé encontram-se com um leproso.

 DOMINGO VI DO TEMPO COMUMMc 1, 40-45

Pela sua doença, os leprosos eram considerados impuros e condenados a viver longe das cidades e das pessoas, sem direito a cuidados nem a encontrar outras pessoas. Se alguém, por distração, se aproximasse de si o leproso devia gritar bem alto: Impuro! Impuro! para que não chegassem perto de si. Mas o leproso do evangelho deste domingo foge a todas as obrigações que tinha. Não foge, mas corre ao encontro de Jesus; não gruta em puro, mas pede para ser curado; não se afasta de todos, mas vai contar aos que encontra o que lhe tinha acontecido. Jesus transforma realmente a vida de todos os que se aproximam dele!

É muito belo o diálogo, curto e profundo, entre o leproso e Jesus: Se quiseres, podes curar-me. Quero, fica limpo!  Eis o que quer Jesus, levado pela infinita compaixão que sente por aquele homem e por todos os que se aproximam de si: a nossa purificação. Jesus quer-nos livres de tudo o que nos prende e não permite que sejamos felizes.

A lepra é figura de uma doença  mortal bem pior: o pecado. Raoul Follereau, o grande apóstolo dos leprosos, dizia: Os leprosos do nosso tempo são os egoístas, os falsos, os que defendem politicas de morte, o que que vivem no comodismo, no medo, que sugam a vida dos irmãos…

Jesus quer-nos livres de tudo isto. Quer-nos curados! Quando nos aproximamos do sacerdote para celebrar o sacramento da penitência e confessar os nossos pecados, Jesus diz-nos, como ao homem do evangelho de hoje: Fica limpo!

Jesus estende a mão para o leproso e toca-o. A lei do tempo proibia os sãos de tocar os doentes. As consequências para alguém que tocasse um leproso eram gravíssimas, e podiam ir até à proibição de entrar no templo. Mas a Jesus nada interessa mais que a salvação daquele homem.

Jesus faz um milagre. Cura aquele homem. E o milagre parte da iniciativa do homem e têm a sua plenitude no toque de Jesus. Correr até Jesus e deixar-se tocar por Ele é o principio de todos os milagres, os do corpo e os do espírito.

Este domingo celebra-se o Dia Mundial do Doente. Nós somos responsáveis pelos nossos irmãos doentes. Se não pudermos fazer mais, pelo menos rezemos por eles. Rezemos com fervor dizendo a Jesus: Se quiseres, cura este meu irmão!. Rezar é infundir esperança no outro, é ajudá-lo a encontrar sentido para tudo o que passa. Não podemos ser indiferentes à dor do outro. Devemos, como Jesus, sentir compaixão por todos os que passam por momentos mais duros de saúde.

 

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Como serão os raios-x de animais?

    Como serão os raios-x de animais?

    As imagens que vais ver a seguir consistem em radiografias que foram feitas pelo pessoal do Jardim Zoológico de Oregon, nos EUA, como parte dos exames de rotina aos animais que lá vivem. Como podes comprovar abaixo, além de reveladores — do ponto de vista científico e veterinário —, as imagens são mesmo fascinantes. 

  • 4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    A Festa do Cinema decorre até ao dia 24 de outubro (quarta-feira), com mais de 10 mil sessões em todo o país. Parece muito? Não sabes por onde começar? Nós damos uma ajuda. 

  • Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    As contradições da vida moderna encontram na obra de Pawel Kuczynski um lugar de destaque. Os temas que o artista aborda nos seus desenhos giram em torno da relação da humanidade com o mundo que a cerca — desde o vício das redes sociais às estratégias da TV para fisgar a audiência. 

  • 15 Factos matemáticos divertidos

    15 Factos matemáticos divertidos

    Quem disse que a Matemática é uma seca, não leu este artigo!

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Capitão Fantástico"

    O filme desta semana fala-nos da importância da família e da importância que as coisas simples tem na nossa vida. 

  • Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Um grupo de investigadores da Universidade de RMIT, na Austrália, criou um tipo de letra – a Sans Forgetica, e garante que a mesma é capaz de aumentar a capacidade de memorização.

  • Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Não adianta negar: um dos maiores pesadelos dos alunos são os trabalhos de casa. Muitas vezes questionam-se porque é que devem estudar ainda mais do que já estudam na escola, e ainda que esses questionamentos deem lugar à aceitação (ou quase) na adolescência e na fase adulta, a verdade é que sempre temos que rever em casa o conteúdo lecionado durante o dia.

  • As marcas mais poderosas do mundo

    As marcas mais poderosas do mundo

    A Interbrand é uma importante consultora de marcas e todos os anos avalia as marcas mais poderosas. Já é conhecida a lista deste ano, sabes quais são?

  • Porquê adotar um cão?

    Porquê adotar um cão?

    São cada vez mais os adeptos da adoção de cães em vez de compra. Para além de "salvar" a vida do companheiro de 4 patas, o custo é irrisório quando comparado aos preços praticados por lojas de animais. 

  • Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    O Evangelho desta semana conta-nos uma história que te deve ser conhecida.

  • #respectbattles - a música como

    #respectbattles - a música como "arma" do respeito

    Podemos não concordar com os pontos de vistam, com as opções de vida que algumas pessoas ao nosso redor tomam. Mas se há algo que é obrigatório (e que vemos a desvanecer-se aos poucos) é o respeito pelo outro. A APAV não ficou indiferente e criou uma campanha original.

  • Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Se há algo muito debatido nos dias de hoje, são as regras de beleza, às quais muitos tentam corresponder. Mas sabias que nem sempre foi assim?