Liberta-te!

0
0
1
s2smodern

O evangelho de São Marcos leva-nos, nestes domingos do Tempo Comum a percorrer os mesmos caminhos de Jesus, encontrando as mesmas pessoas e cruzando os mesmos olhares. Hoje, a nossa vida e a nossa fé encontram-se com um leproso.

 DOMINGO VI DO TEMPO COMUMMc 1, 40-45

Pela sua doença, os leprosos eram considerados impuros e condenados a viver longe das cidades e das pessoas, sem direito a cuidados nem a encontrar outras pessoas. Se alguém, por distração, se aproximasse de si o leproso devia gritar bem alto: Impuro! Impuro! para que não chegassem perto de si. Mas o leproso do evangelho deste domingo foge a todas as obrigações que tinha. Não foge, mas corre ao encontro de Jesus; não gruta em puro, mas pede para ser curado; não se afasta de todos, mas vai contar aos que encontra o que lhe tinha acontecido. Jesus transforma realmente a vida de todos os que se aproximam dele!

É muito belo o diálogo, curto e profundo, entre o leproso e Jesus: Se quiseres, podes curar-me. Quero, fica limpo!  Eis o que quer Jesus, levado pela infinita compaixão que sente por aquele homem e por todos os que se aproximam de si: a nossa purificação. Jesus quer-nos livres de tudo o que nos prende e não permite que sejamos felizes.

A lepra é figura de uma doença  mortal bem pior: o pecado. Raoul Follereau, o grande apóstolo dos leprosos, dizia: Os leprosos do nosso tempo são os egoístas, os falsos, os que defendem politicas de morte, o que que vivem no comodismo, no medo, que sugam a vida dos irmãos…

Jesus quer-nos livres de tudo isto. Quer-nos curados! Quando nos aproximamos do sacerdote para celebrar o sacramento da penitência e confessar os nossos pecados, Jesus diz-nos, como ao homem do evangelho de hoje: Fica limpo!

Jesus estende a mão para o leproso e toca-o. A lei do tempo proibia os sãos de tocar os doentes. As consequências para alguém que tocasse um leproso eram gravíssimas, e podiam ir até à proibição de entrar no templo. Mas a Jesus nada interessa mais que a salvação daquele homem.

Jesus faz um milagre. Cura aquele homem. E o milagre parte da iniciativa do homem e têm a sua plenitude no toque de Jesus. Correr até Jesus e deixar-se tocar por Ele é o principio de todos os milagres, os do corpo e os do espírito.

Este domingo celebra-se o Dia Mundial do Doente. Nós somos responsáveis pelos nossos irmãos doentes. Se não pudermos fazer mais, pelo menos rezemos por eles. Rezemos com fervor dizendo a Jesus: Se quiseres, cura este meu irmão!. Rezar é infundir esperança no outro, é ajudá-lo a encontrar sentido para tudo o que passa. Não podemos ser indiferentes à dor do outro. Devemos, como Jesus, sentir compaixão por todos os que passam por momentos mais duros de saúde.

 

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • 6 dicas para se tornar num bom ouvinte

    6 dicas para se tornar num bom ouvinte

    Ser um bom ouvinte torna-nos melhores pessoas, isto porque cultiva a nossa maturidade emocional, a generosidade e a empatia. É possível tornar-mo-nos num bom ouvinte? Claro que sim, com estas pistas! 

  • Os melhores livros para se ler na toalha!

    Os melhores livros para se ler na toalha!

    Pode custar acreditar, mas não há muito tempo atrás as pessoas iam para a praia sem os telemóveis. "Mas o que é que faziam na praia então?" - isto que te vamos sugerir.

  • Espreita as primeiras imagens do novo filme

    Espreita as primeiras imagens do novo filme "Mulan"

    A primeira fotografia da próxima adaptação do filme "Mulan" da Disney está aqui. Lançada nas redes na passada segunda-feira, a produtora apresentou a atriz protagonista. 

  • Ter uma atitude positiva ... Como?

    Ter uma atitude positiva ... Como?

    O ser humano não foi feito para estar isolado, mas culpar as pessoas e a sociedade por quem és ou pelas tuas falhas e fracassos não é a melhor opção. Uma atitude positiva pode mudar a tua perspetiva em relação à vida e às pessoas que te rodeiam. 

  • Não ter impressões digitais - é possível?

    Não ter impressões digitais - é possível?

    És daquelas pessoas que tem problemas quando te pedem as tuas impressões digitais? De facto há pessoas que não tem uma impressão digital clara, mas não inexistentes. No entanto, estudos constatam que há quem fuja à regra.

  • Pixar: os estúdios onde a magia acontece

    Pixar: os estúdios onde a magia acontece

    Atire a primeira pedra quem não goste de ver  um bom filme de animação. Não adianta: é praticamente unânime. Quem não se ri da Dory ou não se emociona com os velhinhos do “Up – Altamente"?

  • Ler livros - 5 benefícios para a tua mente!

    Ler livros - 5 benefícios para a tua mente!

    Quando foi a última vez que leste um livro ou um bom artigo? Os teus hábitos diários de leitura estão centrados nos tweets, atualizações no Facebook ou receitas de panquecas "fit"? Isto é para ti!

  • Filmes que Desafiam: A vida de Pi

    Filmes que Desafiam: A vida de Pi

    Para o serão de hoje convidamos-te a ver um filme que te vai deixar a refletir o resto da semana. 

  • Telescópio Tess captura imagens de um cometa no sistema solar

    Telescópio Tess captura imagens de um cometa no sistema solar

    Queres mais uma prova do quanto a tecnologia dos equipamentos de observação espacial avançou nos últimos anos? 

  • O sol e a pele

    O sol e a pele

    Chegou o calor e com este a vontade de ir à praia. Voltamos a puder passear junto ao mar, jogar futebol ou voleibol o dia todo, dormir uma boa sesta com o som das ondas a baterem na areia, ou simplesmente estar deitados ao Sol a bronzear. Tudo isto nos sabe bem e faz-nos recordar tantos Verões que já passaram. No entanto, nesta altura é frequente também que nos relembrem da importância de nos “protegermos” do Sol e não é raro ouvir os pais, avós ou tios a dizerem: “Não te esqueças de pôr protetor solar”. E tudo isto porquê?

  • 5 paisagens surreais trabalhadas pela natureza

    5 paisagens surreais trabalhadas pela natureza

    Existem alguns lugares espalhados pelo planeta Terra que, de tão incríveis e estranhos, não parecem paisagens naturais. Estes locais dão a impressão de terem saído de alguma obra de ficção.

  • O que acontece no nosso cérebro quando nos apaixonamos?

    O que acontece no nosso cérebro quando nos apaixonamos?

    Já deves ter ouvido a expressão que "o amor é uma droga". Não é à toa, e hoje explicamos-te porquê!