Jovens (Santos) que Mudaram o Mundo: Josefina Bakhita

0
0
0
s2sdefault

A primeira santa africana, cuja vida a Igreja celebra hoje, nasceu no Sudão, em 1869. Santa Josefina, como muitos naquele tempo, viveu a dureza da escravidão. Bakhita, que significa afortunada, foi o nome dado por um dos comerciantes que a comprou.

Por intermédio de um cônsul italiano que a comprou, Bakhita foi entregue a uma família amiga deste de Veneza. Na família Michieli, Bakhita tornou-se amiga e também ama da filha mais nova que estava para nascer. Por motivos profissionais, a família de Veneza teve de voltar para a África, tendo entregue a filha pequena como a ama aos cuidados de irmãs religiosas de Santa Madalena de Canossa.

Ali, Bakhita conheceu o Evangelho. Com 21 anos, quis ser batizada e passou a ser chamada de Josefina. Quando o casal Michieli voltaram para junto de Bakhita e da sua filha, Bakhita expressou o seu desejo de permanecer no local, porque queria ser religiosa. Passado o tempo de formação, com 27 anos tornou-se religiosa. Carinhosamente, chamava a Deus de O meu Patrão.

A irmã Josefina Bakhita tinha sempre um grande sorriso nos lábios, foi uma mulher de trabalho. Exerceu várias atividades na congregação, onde esteve mais de 50 anos. Foi cozinheira, responsável pelo guarda-roupa, bordadeira, sacristã, porteira. Admirada pelas irmãs e pelos moradores locais pela sua humildade, simplicidade e alegria, costumava dizer: Sede bons, amai a Deus, rezai por aqueles que não O conhecem. Se, soubésseis que grande graça é conhecer a Deus!.

Já na velhice ficou gravemente doente, com algumas alucinações do tempo de agonia da escravidão. Várias vezes suplicava à enfermeira que a assistia: Solta-me as correntes ... pesam muito!

Em 8 de fevereiro de 1947, a Santa Irmã Morena, como era chamada por todos, faleceu. Em 1992, Bakhita foi beatificada por São João Paulo II e canonizada pelo mesmo Pontífice em outubro de 2000. 

Fica com esta vídeo que nos conta a história desta Santa (já sabes que podes escolher as legendas em português)

Marcações: JOvens, Valores, Mundo, Santos, África, Conflitos, Itália, João Paulo II, Escravos

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.