Um dia na vida (ocupada) de Jesus de Nazaré

0
0
1
s2smodern

Se tivéssemos de dar um título à passagem do evangelho que a Igreja nos faz escutar neste domingo poderia ser: "Um dia na vida de Jesus de Nazaré". De facto, neste domingo, vemos descrita a rotina de Jesus nos dias que passa em Cafarnaum.

 DOMINGO V DO TEMPO COMUM | Mc 1, 29-39 

Vai à Sinagoga, cumprir o preceito da oração diária; de seguida vai para casa de Simão e aí cura a sogra do apóstolo que estava muito doente; recebe depois todos os doentes que vêm ter com Ele, escuta-os e cura-os; ao cair da tarde retira-se para rezar, sozinho, e estar em comunhão com o Pai; ao nascer de um novo dia parte com discípulos para outra cidade e anuncia a Boa Noticia do Reino dos Céus. Somente por esta descrição percebemos que os dias de Jesus eram ocupados com a cura, a oração e o anúncio. Estas três atitudes revelam-nos as grandes preocupações de Jesus na relação connosco.

Jesus veio para CURAR. Ele quer-nos livres de todos os tipos de mal. Ele não suporta o nosso sofrimento. Veio ao mundo para nos libertar da escravidão do pecado e do mal para abrir a nossa vida ao horizonte belo do paraíso onde viveremos sem dor. Talvez nem sempre entendamos o sentido do sofrimento que encontramos na vida; talvez nem sempre sejam claros, para nós, os caminhos que percorremos e porquê de tantos desvios… Mas Jesus veio garantir-nos que Deus deseja a nossa felicidade nos quer livres do mal. Resta-nos confiar em Deus e entregarmo-nos ao seu amor.

Mas não chega ser curados. A história da sogra de Pedro que, depois do encontro com Jesus, "começou a servir" os que estavam na casa, lembra-nos que Jesus quer-nos comprometidos com os irmãos. Recebestes de graça, dai de graça. Quem encontra Jesus compromete-se com a transformação do mundo! Compromete-se a realizar milagres na vida dos irmãos e a levar-lhes paz e esperança.

Jesus veio para ANUNCIAR. Ele não é só garganta, mas as suas palavras são muito importantes. Os milagres de Jesus servem sobretudo para dar força às suas palavras. Ele promete que o Reino de Deus há-de vir e será certeza de libertação para todos, e para provar que isto é verdade, faz-nos experimentar este Reino curando os doentes. Nós precisamos de ouvir Jesus. Precisamos que as suas palavras desçam dos ouvidos ao nosso coração e aí comecem a transformar os nossos gestos. Precisamos que as palavras de Jesus nos queimem e nos façam aproximar dos outros. E, como Ele, não podemos ficar-nos pelas palavras, pelas boas intensões. Há que, escutando-o, ir ao encontro de quem precisa de nós.
A palavra de Jesus é exigente! Quem O escuta e acolhe a Sua mensagem assume o compromisso de conduzir a sua vida pelos valores do Evangelho e passa a viver no amor, no perdão, na tolerância, no serviço aos irmãos.

Jesus veio para testemunhar a COMUNHÃO COM DEUS. Com a Sua Oração, Ele mostra-nos que rezar não é fugir do mundo ou esquecer os problemas… Rezar é tomar consciência que Deus tem um projeto de amor para o mundo e para mim. Rezar é o ponto de partida para curar e anunciar. Só na comunhão e no diálogo pessoal com Deus percebemos os seus projetos e recebemos a Sua força. Somente na comunhão com o Pai vamos conseguir viver os desafios de felicidade que temos. É preciso, portanto, dar espaço à oração no nosso dia-a-dia. É preciso que o diálogo com Deus faça parte da nossa rotina diária para assim encontrarmos a força de seguir adiante na missão que Ele nos confia.

Curar, anunciar, rezar. Era assim que Jesus ocupava os seus dias.
O que ocupa os teus dias? Há espaço para Deus e para os irmãos?
Se a resposta for negativa, este é um bom dia para começar!

Um domingo feliz!

Marcações: Igreja, Valores, Evangelho, Jesus , Comentário

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Como serão os raios-x de animais?

    Como serão os raios-x de animais?

    As imagens que vais ver a seguir consistem em radiografias que foram feitas pelo pessoal do Jardim Zoológico de Oregon, nos EUA, como parte dos exames de rotina aos animais que lá vivem. Como podes comprovar abaixo, além de reveladores — do ponto de vista científico e veterinário —, as imagens são mesmo fascinantes. 

  • 4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    A Festa do Cinema decorre até ao dia 24 de outubro (quarta-feira), com mais de 10 mil sessões em todo o país. Parece muito? Não sabes por onde começar? Nós damos uma ajuda. 

  • Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    As contradições da vida moderna encontram na obra de Pawel Kuczynski um lugar de destaque. Os temas que o artista aborda nos seus desenhos giram em torno da relação da humanidade com o mundo que a cerca — desde o vício das redes sociais às estratégias da TV para fisgar a audiência. 

  • 15 Factos matemáticos divertidos

    15 Factos matemáticos divertidos

    Quem disse que a Matemática é uma seca, não leu este artigo!

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Capitão Fantástico"

    O filme desta semana fala-nos da importância da família e da importância que as coisas simples tem na nossa vida. 

  • Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Um grupo de investigadores da Universidade de RMIT, na Austrália, criou um tipo de letra – a Sans Forgetica, e garante que a mesma é capaz de aumentar a capacidade de memorização.

  • Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Não adianta negar: um dos maiores pesadelos dos alunos são os trabalhos de casa. Muitas vezes questionam-se porque é que devem estudar ainda mais do que já estudam na escola, e ainda que esses questionamentos deem lugar à aceitação (ou quase) na adolescência e na fase adulta, a verdade é que sempre temos que rever em casa o conteúdo lecionado durante o dia.

  • As marcas mais poderosas do mundo

    As marcas mais poderosas do mundo

    A Interbrand é uma importante consultora de marcas e todos os anos avalia as marcas mais poderosas. Já é conhecida a lista deste ano, sabes quais são?

  • Porquê adotar um cão?

    Porquê adotar um cão?

    São cada vez mais os adeptos da adoção de cães em vez de compra. Para além de "salvar" a vida do companheiro de 4 patas, o custo é irrisório quando comparado aos preços praticados por lojas de animais. 

  • Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    O Evangelho desta semana conta-nos uma história que te deve ser conhecida.

  • #respectbattles - a música como

    #respectbattles - a música como "arma" do respeito

    Podemos não concordar com os pontos de vistam, com as opções de vida que algumas pessoas ao nosso redor tomam. Mas se há algo que é obrigatório (e que vemos a desvanecer-se aos poucos) é o respeito pelo outro. A APAV não ficou indiferente e criou uma campanha original.

  • Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Se há algo muito debatido nos dias de hoje, são as regras de beleza, às quais muitos tentam corresponder. Mas sabias que nem sempre foi assim?