Vou fazer direta antes do teste: Resulta?

0
0
1
s2smodern

Já é meia-noite e amanhã tenho um teste às 8.00h. Agora até ia dormir mas a matéria “magicamente” acumulou-se e ainda não consegui estudar tudo… Bem, de qualquer forma eu estudo melhor sob pressão e se decorar as coisas agora, mais perto do teste, até vai ser melhor, por isso hoje vou fazer directa! Agora é que vai render!

Identificas-te com alguma coisa desta história? Já nos aconteceu a todos acumular mais ou menos matéria para uma avaliação e decidirmos deitar-nos mais tarde ou pensarmos mesmo fazer uma direta num último esforço para conseguir estudar e decorar tudo.

Sem dúvida que se tivermos mais tempo vamos conseguir estudar mais matéria. No entanto, será que nos vamos lembrar das coisas quando precisarmos? Será que vamos conseguir mesmo aprender mais coisas úteis?

Habitualmente cada um de nós precisa de dormir 7-9 horas e o que se sabe é que o nosso cérebro perde eficácia por cada hora de privação de sono, ou seja, por cada hora a menos que dormimos. Por isso, se ficarmos a noite toda acordados teremos diminuição da capacidade de memorizar.

A verdade é que só optamos por estudar uma noite inteira quando não conseguimos estudar toda a matéria durante o resto do dia. Não o fazemos só porque sim. Nestas alturas, o que acontece é que ativamos a memória a curto-prazo mas não a memória a longo-prazo. Sim, a nossa memória apresenta duas divisões: uma que arruma as coisas na ponta-da-língua, que é a memória a curto-prazo. Esta é aquela que te ajuda a reproduzir o que a professora acabou de dizer quando estavas a pensar na festa de anos do Manel e ela te chamou à atenção e perguntou o que é que eu acabei de dizer?. (Podes agradecer à memória a curto-prazo por te ter ajudado). Já a memória a longo-prazo é aquela que arruma as informações como um livro numa biblioteca. Tudo bem arrumado, no local certo, para puderes recordar facilmente mais tarde. Lembras-te do nome do teu(tua) professor(a) da primária? Cá está a memória a longo-prazo.

As memórias formam-se num processo automático que consiste em 3 passos:

  • Aquisição – aprender algo novo;
  • Consolidação – a memória fica guardada no cérebro;
  • Recordar – ter a capacidade de recuperar a memória no futuro;

Dentro destes 3 passos, a aquisição e a capacidade de recordar são os processos que se fazem enquanto se está acordado. Contudo, a consolidação de memórias é algo feito durante o sono. Assim sendo, quando dormes menos horas do que o teu corpo precisa acabas por ficar com menos memórias consolidadas, ou seja, menos memórias disponíveis a longo-prazo.

Deste modo, se ficares acordado à noite, a tentar decorar e estudar o que ainda te faltava, o que estás a fazer é a colocar toda a informação na cabeça mas não a armazená-la no local certo nem da maneira correta: estás a colocá-la na memória a curto-prazo. Pensa que é como se quisesses colocar água numa garrafa que tem um furo muito muito pequeno. Durante um curto período de tempo vais conseguir guardar lá a água porque só se perde uma gota de cada vez mas não vai demorar muito até a garrafa perder a água toda e ficar vazia. Na verdade, a memória a curto-prazo só dura curtos períodos de tempo, variando de poucos minutos a algumas horas. Depois acabas por esquecer as informações lá armazenadas.

Lembras-te da memória da Dory (do filme À procura de Nemo)? Ou melhor, lembras-te da Dory se esquecer de tudo? Ela só usava a memória a curto-prazo. É mais ou menos assim que podemos ficar quando fazemos uma direta a estudar.

Assim sendo, será que vale a pena fazer uma direta para estudar para uma avaliação?

Pensa agora no Spider-Man. De certeza que já viste algum filme sobre ele. Lembras-te do que lhe aconteceu depois de ser mordido pela aranha? Acordou no dia seguinte com imensas capacidades que não tinha antes. No entanto, não conseguia controlar-se bem: Não sabia o que fazer com tanta força, nem como lançar as teias, nem como se agarrar às coisas porque tudo lhe ficava colado às mãos. De facto, tinha todas as capacidades mas não sabia como utilizá-las. No fundo, é o que acontece connosco. Se tivermos uma noite inteira acordados a estudar, teremos toda a informação estudada mas não saberemos como utilizá-la da maneira correcta.

Embora a matéria possa estar mais presente a verdade é que também está num local onde mais facilmente se esquece. Desta forma, a melhor estratégia para um bom resultado num teste não é apenas ler a matéria toda mas trabalhá-la de forma a que fique armazenada no local correcto.

Deixo-te então algumas sugestões para o estudo:

  • A primeira ideia é conhecida como Use it or lose it, ou seja, usa e trabalha as informações que tens ou vais perdê-las. Assim sendo, o melhor é leres várias vezes a mesma matéria de forma a conseguires que esta passe da memória a curto-prazo para a memória a longo-prazo;
  • Repetir a informação, seja em voz alta, seja mentalmente, é a melhor forma para mover a informação da memória a curto-prazo para a memória a longo-prazo;
  • Estuda a matéria o mais cedo que conseguires (durante o dia) e dorme as horas recomendadas à noite porque a nossa capacidade de memória diminui à medida que o tempo vai passando desde que acordamos de manhã;
  • Se quiseres rever mais uma vez matéria opta por te levantar cedo e leres os apontamentos antes do teste, depois de teres dormido o tempo suficiente.

Assim sendo, lembra-te (e precisas de dormir para conseguires fazer isto!): no teu plano diário inclui também a hora de deitar para conseguires dormir o número de horas suficiente. Vais ver como vai fazer diferença na tua capacidade de memorizar!

Agora já podes dizer que dormir faz parte do teu plano de estudos!

Marcações: Escola, Estudar, Testes, Aulas, Matéria, Dormir

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Consegues rir de ti próprio?

    Consegues rir de ti próprio?

    No Dia Internacional do Riso, desafiamos-te a quebrar as regras e rires-te de ti próprio. Enfrentar os nossos erros, dando uma gargalhada, pode ser uma boa terapia também!

  • Dia Internacional do Riso

    Dia Internacional do Riso

    Não se sabe muito bem quem organizou este dia, mas porque não falar da importância do riso? Sabias que quando rimos o nosso corpo pode chegar a movimentar cerca de 80 músculos?

  • Jovens (beatos) que mudaram o mundo: José Luís Sánchez Del Río

    Jovens (beatos) que mudaram o mundo: José Luís Sánchez Del Río

    Hoje vamos até ao México de 1925 conhecer o testemunho de um jovem que deu a sua vida pelos valores em que acreditava. 

  • 14 formas de aprender algo novo

    14 formas de aprender algo novo

    É muito bonito estudar, mas cá para nós: a vida é mais do que isso! Mesmo na escola, as disciplinas que mais gostas poderão ser um bom ponto de partida. De certeza que tens alguma coisa que gostes de fazer, porque não explorar isso?

  • "Solo: A Star Wars Story" - a história revelada, sem spoilers!

    Não há trailer. Ainda não houve uma nota para anunciar Solo: A Star Wars Story, o filme sobre Han Solo que chega aos cinemas norte-americanos no dia 25 de maio. Provavelmente devido a todas as mudanças da equipa e à mudança da equipa de realização, os detalhes foram bastante difíceis de descobrir até agora.

  • O risco de

    O risco de "pensar pequeno"

    No geral, apreciamos enredos multidimensionais que desafiam as nossas mentes e coração. As nossas mentes parece que se focam em pensar em grandes coisas. Para não sermos singulares, míopes, minúsculos.

  • 6 maneiras de encontrar o livro certo para ler

    6 maneiras de encontrar o livro certo para ler

    Quando as pessoas se lamentam que ler é uma chatice é porque ainda não encontraram o livro certo. Como encontrar o livro certo?

  • Um rapaz e uma rapariga podem ser amigos?

    Um rapaz e uma rapariga podem ser amigos?

    De certeza que já passaste por situações em que tens um amigo(a) em quem confias bastante, e pouco tempo depois começa o burburinho sobre a possibilidade de se passar a fronteira da amizade. Mas será que isso acontece em todos os casos?

  • Cristãos perseguidos

    Cristãos perseguidos

    As perseguições fazem parte da história dos cristãos desde a primeira hora. O primeiro a ser morto foi Santo Estevão, no tempo dos apóstolos. Hoje ainda há mártires. E são milhões em todo o mundo.

  • 10 maneiras de ser inteligente

    10 maneiras de ser inteligente

    As escolas só costumam olhar para duas competências: os bons em línguas e os bons em matemática. Muitas vezes é apenas sobre essas competências que somos avaliados. Mas há quem julgue que há mais formas de inteligência. Quais são as tuas?

  • 5 Hábitos que atrapalham a tua autoestima

    5 Hábitos que atrapalham a tua autoestima

    Muitas vezes perguntamo-nos qual será a fórmula para se ser feliz, para nos sentirmos melhor connosco próprios e com aquilo que temos. Bom, aqui vão 5 coisas que deves deixar de fazer se queres aumentar a confiança em ti próprio.

  • Fala-me Direito: O Direito aos Saldos

    Fala-me Direito: O Direito aos Saldos

    Depois do Natal e do Ano Novo só nos vem uma coisa à cabeça. O quê? Saaldooooooos! Pois é, mas e então o que é que os saldos têm a ver com o Direito?