Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Histórias para Crescer: A águia e o falcão

0
0
0
s2sdefault

Conta uma antiga lenda dos índios Sioux que chegaram junto do velho feiticeiro da tribo, de mãos dadas, Touro Bravo, o mais valente e mais honrado dos jovens guerreiros, e Nuvem Alta, a filha do chefe da aldeia e uma das mulheres mais bonitas da tribo.

- Nós amamo-nos muito – começou o jovem.
- E vamo-nos casar - disse ela.
- E amamo-nos tanto que temos medo. Queremos um feitiço ou um talismã: algo que nos garanta que iremos estar sempre juntos. Que nos assegure que estaremos lado a lado até à morte.
- Por favor, grande feiticeiro, o que podemos fazer?
O velho feiticeiro olhou para eles e ficou emocionado por vê-los tão jovens, tão apaixonados, ansiosamente esperando pelo que iria dizer.
- Há algo... - disse o velho depois de uma longa pausa - Mas eu não sei... é uma tarefa muito difícil e exige grande sacrifício.
- Não importa - disseram os dois.
- Seja o que for - confirmou o Touro Bravo.
- Bom, disse o feiticeiro. Nuvem Alta, sabes a montanha a norte da nossa aldeia? Deves escalá-la sozinha e sem outra arma, além de uma rede e das tuas mãos, e caçarás o mais bonito e vigoroso falcão da montanha. Se conseguires, deves trazê-lo aqui vivo no terceiro dia após a lua cheia. Compreendeste?
A jovem acenou com a cabeça em silêncio.
- E tu, Touro Bravo - prosseguiu o feiticeiro - deves escalar a Montanha do Trovão. Quando chegares ao topo, encontrarás a mais valente de todas as águias e, apenas com as tuas mãos e uma rede, a apanharás sem a magoar e também a trarás diante de mim no mesmo dia que a Nuvem Alta... Saiam agora!
Os jovens olharam-se com ternura e, depois de um sorriso fugaz, saíram para cumprir a missão confiada, ela em direção ao norte, ele para o sul... No dia estabelecido, em frente à tenda do feiticeiro, os dois jovens aguardavam com dois sacos de pano com as aves pedidas.
O velho pediu-lhes que as tirassem dos sacos com muito cuidado. Os jovens assim fizeram e mostraram com orgulho as aves caçadas. Eram verdadeiramente lindos exemplares!
- Voavam alto? - perguntou o feiticeiro.
- Sim, sem dúvida. E agora, o que devemos fazer? - perguntou o jovem
- Peguem nas aves e amarrem-nas pelas patas com estas tiras de couro... Depois de as amarrarem, deixem-nos voar livremente.
O guerreiro e a jovem fizeram o que o feiticeiro lhes pediu e soltaram as aves depois de as prenderem uma à outra pelas patas. A águia e o falcão tentaram voar, mas só conseguiram andar pelo chão. Poucos minutos depois, irritados com a incapacidade de voar, os pássaros começaram a picar-se até se magoarem.
- Este é o feitiço... explicou o feiticeiro - Ambos são como uma águia e um falcão: se se amarrarem, mesmo que o façam por amor, não só viverão rastejando, mas também, mais cedo ou mais tarde, começarão a magoar-se. Se querem que o vosso amor dure, voem juntos, mas nunca presos. Nunca se esqueçam disto!

Autor desconhecido

Esta lição é válida para qualquer relacionamento (de amizade, de família), não só amoroso. Às vezes na nossa necessidade de ter o outro perto (preso), não permitimos que voe alto e cumpra o seu destino. São os nossos medos e inseguranças que nos levam a criar amarras, porque o intuito é voar sempre juntos. Mas aquilo que devemos perceber é que cada um tem o seu voo (o seu caminho) e prender o outro é reduzir a sua capacidade de escolher, de voar e de ser feliz. Um relacionamento faz-nos crescer quando nos ajuda a voar mais alto (que nos desafia a novos caminhos), em liberdade e seguros, porque nos sentimos acompanhados.

Marcações: Valores, Família, Crescer, Amor , Histórias , Relacionamento

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.