Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

A importância do sono

0
0
0
s2sdefault

Quando pensamos em dormir imaginamos algo como fazer um shutting down no computador. Pensamos automaticamente que serve para recuperar do cansaço do dia-a-dia. No entanto tem-se vindo a descobrir que o sono é uma actividade dinâmica durante a qual ocorrem muitos processos essenciais para a saúde e o bem-estar.

Alguns cientistas demonstraram que dormir é importante para a memória, a performance cognitiva e para manter o humor, para além de ter um papel essencial na regulação e proteção do nosso corpo. No fundo é como se carregasses a bateria de um portátil. Se tens o computador ligado há muitas horas começas a notar que este demora mais tempo a guardar as coisas (tal como a memória), depois as pesquisas que fazes levam imenso tempo a dar resposta (tal como a performance cognitiva) e finalmente começa a falhar a bateria, levando o computador a entrar no modo poupança, no qual há diminuição da luz do ecrã (como o humor).

De facto, dormir pouco pode levar a alguns problemas de saúde sérios, dos quais já deves ter ouvido falar, tais como obesidade, diabetes e até dificuldade de memorização. Aliás, numa experiência que fizeram, as pessoas que ficaram acordadas durante 19 horas por dia tiveram piores resultados do que pessoas que estavam sob o efeito de drogas!
Assim sendo, deves pensar no sono não como algo acessório mas como parte essencial do teu dia.

Quantas horas se deve dormir?

O sono faz parte do ciclo sono-vigília que consiste em aproximadamente 8 horas de sono noturno e 16 horas em que se está desperto. Deste modo, os adultos devem dormir entre 7 e 9h por noite, enquanto os adolescentes devem dormir, em média, 09:30h. Contudo, para além do número de horas de sono é importante também a sua qualidade, o que implica uma boa alternância entre as diferentes fases que o constituem.

Fases do sono

Há dois tipos de sono: REM (Rapid Eye Movement) e NREM (Non-REM). Um ciclo de sono completo consiste numa alternância entre estes dois tipos. Tudo num processo feito automaticamente pelo nosso cérebro. Podes pensar nos tipos de sono como nos níveis de um jogo. O sono NREM será o primeiro conjunto de níveis, caracterizados por serem mais fáceis e, por isso, preparam-nos para os níveis seguintes. No sono NREM há uma redução da actividade fisiológica (actividade do nosso organismo) e este divide-se em 4 fases:

Fase 1 – Estado de sonolência ou transição entre estar acordado e adormecer;
Fase 2 – Período de sono leve;
Fase 3 e 4 – Continua a diminuir a actividade fisiológica, o corpo fica imóvel e o sono torna-se mais profundo, sendo difícil acordar as pessoas nesta fase;


À medida que vais avançando nas fases do sono NREM, tal como acontece nos jogos, vais estando cada vez mais dentro do cenário. Neste caso, vais tendo um sono cada vez mais profundo. Segue-se então o sono REM, caracterizado por um período de sono profundo, marcado por intensa actividade cerebral. Contrariamente ao que se verifica no sono NREM, no sono REM há um aumento da actividade fisiológica: aumenta a velocidade com que respiramos e aumenta a frequência cardíaca.

Deves estar então a pensar que se calhar a dormir também se faz exercício e talvez até se perca peso. No entanto não é isso que se verifica. Aliás, apesar de toda a atividade cerebral e do aumento da atividade do nosso organismo, como é natural, os músculos permanecem temporariamente paralisados. Contudo, há movimentos dos olhos em várias direcções, o que levou ao nome atribuído a este tipo de sono. É também neste tipo de sono que ocorrem mais sonhos.

Se pensares bem, é como se fosse o último nível do jogo: tudo está a acontecer ao mesmo tempo. Estás totalmente mergulhado no cenário do jogo, neste caso, do sono, e as tuas missões são várias para conseguires ganhar. É por isso que aumenta a tua actividade fisiológica.

Embora não se saiba o papel de cada uma das fases do sono na saúde, pensa-se que o importante é um bom balanço entre as mesmas para obter um sono reparador e que permita descansar, promovendo a capacidade de concentração e processos de aprendizagem e memória.

Concluindo, o sono é uma atividade dinâmica. Não é apenas um período de descanso, um bom momento de preguiça, ou algo para se fazer caso sobre tempo. O sono é essencial para a saúde, tal como a dieta e o exercício físico, e é tão necessário para a sobrevivência como a comida e a água. Assim sendo, quando planeares o teu dia, inclui também o período para dormir nas tuas atividades. Vais ver que assim vais estar mais bem-disposto e serás capaz de desenvolver as restantes actividades com mais facilidade e de forma mais eficaz. E lembra-te: para passares os vários níveis do jogo precisas de tempo… para dormir também!

Marcações: Saúde , Tempos Livres, Dormir, Bem-estar

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.