Histórias para Crescer: Bom ou mau, o futuro dirá!

0
0
1
s2smodern

Um homem muito rico, ao morrer, deixou as suas terras para os seus filhos. Todos receberam terras férteis e belas, com a exceção do mais novo, para quem ficou um charco inútil para a agricultura.

 

Os seus amigos entristeceram-se com isso e visitaram-no, lamentando tamanha injustiça. Mas ele só respondeu: Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá.

No ano seguinte, uma seca terrível abateu-se sobre o país, e as terras dos seus irmãos foram devastadas: as fontes secaram, os pastos ficaram esturricados, o gado morreu. Mas o charco do irmão mais novo transformou-se num oásis fértil e belo. Ele ficou rico e comprou um lindo cavalo branco por um preço altíssimo.

Os seus amigos organizaram uma festa para celebrar este acontecimento maravilhoso. Mas dele só ouviram uma coisa: Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá. No dia seguinte o seu cavalo de raça fugiu e foi grande a tristeza. Os seus amigos vieram e lamentaram o acontecido. Mas o que o homem lhes disse foi: Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá.

Passados sete dias o cavalo voltou, trazendo consigo dez lindos cavalos selvagens. Vieram os amigos para celebrar esta nova riqueza, mas o que ouviram foram as palavras de sempre: Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá. No dia seguinte o seu filho montou um dos cavalos selvagens. O cavalo corcoveou e lançou-o para longe. O rapaz partiu uma perna. Voltaram os amigos para lamentar a desgraça.

Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá, o pai repetiu. Passados poucos dias vieram os soldados do rei para levar os jovens para a guerra. Todos os rapazes tiveram de partir, menos o seu filho por causa da perna partida. Os amigos alegraram-se e vieram festejar. O pai viu tudo e só disse uma coisa: Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá...

Este conto de Rubem Alves termina com reticências… porque assim é a vida! Imaginamos os finais felizes quando passamos de ano, quando recebemos o presente desejado, quando começamos a namorar com a pessoa amada, quando conseguimos o emprego de sonho! Ou então, em cada um dos nossos fracassos ou insucessos vemos a nossa miséria e infelicidade eternas!

É importante recordar que quer os fracassos quer as vitórias duram pouco e há coisas que, para serem compreendidas, têm de se colocadas em perspetiva! O que somos hoje é fruto desse caminho sinuoso que vamos fazendo, ora com sucesso ora com erros! Mas não há nenhuma vitória profissional ou amorosa que garanta a vida perfeita (tal não existe) e nenhum insucesso que seja uma condenação final.

Há que saborear cada vitória porque sabemos que as vitórias são breves e aprender com cada insucesso porque são os insucessos que nos ajudarão a chegar mais longe no nosso caminho e a começar de novo. Sabemos que a vida é imprevisível e rapidamente nos troca as voltas, mas devemos viver da melhor forma e Se é bom ou se é mau, só o futuro dirá.

Marcações: JOvens, Valores, História, Vida

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias