As vantagens de aprender a tocar um instrumento musical

0
0
1
s2smodern

Que atire a primeira pedra quem nunca teve vontade de aprender a tocar um instrumento musical. Mas, além de divertida, a música pode ser muito mais importante do que imaginas. 

A música faz algo provavelmente único: estimula o cérebro de um modo poderoso a partir da ligação emocional que se estabelece com ela, afirmou a neuropsicóloga Catherine Loveday, da Universidade de Westminster, ao site do jornal The Guardian.

Tocar um instrumento é uma experiência complexa, que exige que o cérebro integre informações de diversos sentidos, como visão, audição e toque, além da coordenação motora necessária para fazer um solo de guitarra ou criar ritmos na bateria, por exemplo. E, além dos sentidos, a música pode influenciar até o teu  desempenho na escola.

Os professores da Yamaha Music School, uma das escolas de música mais conceituadas no mundo, falaram de alguns motivos que vão te convencer a aprender a tocar aquele instrumento que tanto sonhas

Aumenta a capacidade de concentração

Aprender música auxilia no aumento da concentração e também da disciplina. Hoje somos distraídos facilmente, explica a neuropsicóloga. O telemóvel está sempre a tocar, seja com mensagens ou notificações das redes sociais. Quando estão a aprender um instrumento, os alunos ficam completamente concentrados na aula, porque querem muito aprender a tocar o instrumento. Automaticamente, isso vai refletir noutros aspectos diários e a pessoa vai conseguir concentrar-se melhor no trabalho e ser mais eficaz nas tarefas diárias.

Também no momento em que se está na aula, podes relativizar os problema. Naquele momento, naquela hora só te podes concentrar naquilo e em nada mais, comenta o professor Roberto Ferrari da Yamaha Music School.

Um bom motor de confiança e autoestima

A partir do momento em que o aluno consegue superar um desafio proposto pelo professor durante a aula, consegue relacionar-se com o outro, sentir-se-à parte de um grupo e consequentemente feliz, explica um dos professsores da escola. Ao fazer parte desse grupo, a pessoa passa a sentir-se útil, o que é um grande passo para a sua confiança pessoal.

Precisão mental e física

Os alunos são estimulados a enfrentar desafios, como fazer exercícios individuais com os instrumentos musicais para a turma. Isso ajuda a trabalhar a emoção e ansiedade em público, além de incitar o aluno a criar e improvisar. Já a precisão física é estimulada pela coordenação motora necessária para tocar qualquer tipo de instrumento.

Paciência

Segundo o professor Roberto Ferrari, a música é um excelente exercício para adquirir paciência. O aluno não pode ser ansioso para aprender a tocar um instrumento. O processo de aprendizagem não vai acontecer do dia para a noite, requer tempo. Os professores ajudam nesse momento de “euforia” e explicam que não adianta querer fazer as coisas rapidamente, tem que ser tudo a seu tempo. 

Marcações: Confiança, Música, Tempos Livres, Aulas, Concentração, Cabeça, Artistas, Instrumento, Cérebro

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Como serão os raios-x de animais?

    Como serão os raios-x de animais?

    As imagens que vais ver a seguir consistem em radiografias que foram feitas pelo pessoal do Jardim Zoológico de Oregon, nos EUA, como parte dos exames de rotina aos animais que lá vivem. Como podes comprovar abaixo, além de reveladores — do ponto de vista científico e veterinário —, as imagens são mesmo fascinantes. 

  • 4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    4 Filmes para veres a 2,50 euros na Festa do Cinema

    A Festa do Cinema decorre até ao dia 24 de outubro (quarta-feira), com mais de 10 mil sessões em todo o país. Parece muito? Não sabes por onde começar? Nós damos uma ajuda. 

  • Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    Pawel Kuczynski: Ilustrações que desafiam

    As contradições da vida moderna encontram na obra de Pawel Kuczynski um lugar de destaque. Os temas que o artista aborda nos seus desenhos giram em torno da relação da humanidade com o mundo que a cerca — desde o vício das redes sociais às estratégias da TV para fisgar a audiência. 

  • 15 Factos matemáticos divertidos

    15 Factos matemáticos divertidos

    Quem disse que a Matemática é uma seca, não leu este artigo!

  • Filmes que Desafiam:

    Filmes que Desafiam: "Capitão Fantástico"

    O filme desta semana fala-nos da importância da família e da importância que as coisas simples tem na nossa vida. 

  • Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Sans Forgetica: o novo tipo de letra que ajuda a memorizar o que escreves

    Um grupo de investigadores da Universidade de RMIT, na Austrália, criou um tipo de letra – a Sans Forgetica, e garante que a mesma é capaz de aumentar a capacidade de memorização.

  • Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Quem é que inventou os TPC? São mesmo precisos?

    Não adianta negar: um dos maiores pesadelos dos alunos são os trabalhos de casa. Muitas vezes questionam-se porque é que devem estudar ainda mais do que já estudam na escola, e ainda que esses questionamentos deem lugar à aceitação (ou quase) na adolescência e na fase adulta, a verdade é que sempre temos que rever em casa o conteúdo lecionado durante o dia.

  • As marcas mais poderosas do mundo

    As marcas mais poderosas do mundo

    A Interbrand é uma importante consultora de marcas e todos os anos avalia as marcas mais poderosas. Já é conhecida a lista deste ano, sabes quais são?

  • Porquê adotar um cão?

    Porquê adotar um cão?

    São cada vez mais os adeptos da adoção de cães em vez de compra. Para além de "salvar" a vida do companheiro de 4 patas, o custo é irrisório quando comparado aos preços praticados por lojas de animais. 

  • Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    Escuta, Arrisca e ... Simpatiza!

    O Evangelho desta semana conta-nos uma história que te deve ser conhecida.

  • #respectbattles - a música como

    #respectbattles - a música como "arma" do respeito

    Podemos não concordar com os pontos de vistam, com as opções de vida que algumas pessoas ao nosso redor tomam. Mas se há algo que é obrigatório (e que vemos a desvanecer-se aos poucos) é o respeito pelo outro. A APAV não ficou indiferente e criou uma campanha original.

  • Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Os padrões de beleza ao longo do tempo

    Se há algo muito debatido nos dias de hoje, são as regras de beleza, às quais muitos tentam corresponder. Mas sabias que nem sempre foi assim?