Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Semana dos Seminários - Como ouço o "chamamento"?

0
0
0
s2sdefault

A Igreja esta semana recorda a importância dos seminários. Os alunos, os educadores, todos são importantes para a formação de futuros padres. Mas, quando colocamos essa hipótese na nossa vida, não achamos possível ouvir chamamento de Deus. 

 

Como se faz para saber se é realmente o chamamento de Deus?

Lamento desiludir-te, mas não te posso dar indicações que te dispensem do esforço da procura. Deus não põe cartazes ou sinais para fazer ouvir a sua vontade. Não respeitaria a nossa liberdade. Quem teria a coragem de dizer não a um chamamento de Deus inequívoco e inapelável? Ele quer, pelo contrário, que nós, com calma, com paciência, com confiança, escutemos a sua voz que nos chega através de mil sinais, de situações, de acontecimentos, de pessoas.

Sentes o desejo de te dedicar aos pobres... Experimenta! Na tua paróquia, na tua cidade, haverá certamente jovens que se dedicam ao voluntariado. Vai ter com eles. Descobrirás se a tua dedicação aos pobres te dá mais alegria que a discoteca. E experimentarás se aqueles a quem ninguém ama podem ser a tua família. E pouco a pouco se fará luz. Lembra-te, porém, que nunca terás uma certeza matemática. A fé, como o amor, exige sempre uma zona de escuridão, um mistério. Exige, a um certo ponto, que se fechem os olhos e se dê um salto no escuro.

Que seria a fé e o amor, se não existisse este momento de «abandono»! As grandes opções não podem ser feitas com o coração na balança. 

Uma voz para confronto 

Contemporaneamente, é muito importante encontrar uma pessoa com a qual possamos abrir-nos, esclarecer-nos, confrontar-nos. Os pais? Inicialmente pode ser arriscado. O medo instintivo de perder uma filha pode trazer reacções inesperadas e não garante uma visão objectiva do problema. Um padre? Está muito bem. Um padre que tu estimes, que te conheça bem, ou que esteja disposto a estar contigo e a escutar-te com paciência para te conhecer bem. Infelizmente, hoje nem sempre é fácil encontrar um padre para conversar. Uma religiosa? Muito bem. Talvez, pelo menos inicialmente, pode ser melhor que um padre.

Ou então uma amiga madura, na qual reconheces uma fé cristã adulta e profunda. Verdadeiramente profunda. Este é o requisito fundamental. Sem a fé, as escolhas de fé não podem ser percebidas. Uma outra indicação para saber interpretar a voz que sussurra dentro é a oração. Quando nos enamoramos por alguém, se não se quer que o amor esvaneça pouco a pouco, é necessário encontrar-se e falar com o namorado. Assim é com Deus. «Mas Deus responde?» Certamente que não é como quem pergunta a hora exacta à telefonista. Mas a sua voz, de uma maneira ou de outra, faz-se ouvir. É como quando nós, que estamos habituados aos ruídos da cidade, nos encontramos, a sós, no campo. Ali não ouvimos nada. Mas, se temos paciência para escutar o silêncio, esse pouco a pouco enche-se de sons e de vozes.

A garantia

Como é possível ter a certeza de que seremos capazes de levar avante uma escolha deste tipo? Não existem seguros contra todos os riscos neste campo. Quem escolhe a vida religiosa (mas será tão diferente para quem escolhe amar uma outra pessoa para sempre, nas alegrias e nas adversidades?) não põe a confiança na sua fidelidade, mas confia totalmente em Deus.

Entre parêntesis

A opção pela vida religiosa nunca pode ser feita por um sentimento de desilusão, de frustração, de fuga de si próprios e do mundo. A vocação religiosa é autêntica, se optarmos por ela, porque encontrámos um tesouro, que vale mais que tudo.

 

Marcações: Igreja, padre, Seminários

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.