Caixote do lixo ou que cresce - qual o teu tipo de amizade?

0
0
1
s2smodern

Perder um amigo é sempre um duro golpe, parece desaparecer não apenas uma relação humana, mas o próprio sabor da vida. Como seguir adiante sem aquela pessoa a quem se pode telefonar todas as vezes que se quer? Como sair de casa sem ter a certeza de encontrar alguém que espera por ti na esquina?

Depois da chamada fase da pré-adolescência a fronteira das amizades vividas no âmbito da família, os amigos tornam-se como que um segundo lar. São eles o ninho quente onde se sentem bem. Insatisfeitos com o amor da família, atraiçoados pelos amigos, parece que nos encontramos verdadeiramente perdidos e que nunca mais caímos na esparrela que nos fizeram.

Acabou! Não devemos confiar em ninguém! Cada qual pensa apenas em si próprio! Felizmente que estas decisões duram pouco porque, no dia seguinte, os olhos encontram dois outros olhos
suaves; um outro narizinho maroto que dá alegria. E os ouvidos escutam.

A amizade... simpática

Como sempre, nem todos os males vêm por mal, e estes ardentes sofrimentos devidos a amizades desvanecidas ajudam-nos a amadurecer na capacidade de dar e receber amizade.A primeira amizade, da qual se faz experiência na vida, é a amizade baseada na simpatia, isto é, num sentimento espontâneo, veloz, imediato, gratuito. Encontras o Paulo que, quando fala, move as mãos de uma certa maneira. Que simpático! E o Paulo torna-se o amigo. Olhas para a Cristina como caminha, que forte! E a Cristina fica tua amiga. Vejam só como são estupendos os cabelos da Carla! E a Carla fica tua amiga. E como é que o Jorge não tem de ser teu amigo com aquele olhar tão sedutor? 

A amizade... «caixote do lixo

Estas amizades são muito quentes, muito envolventes... Muito possessivas! Mesmo correndo o risco de nos tornarmos antipático, definimos estas amizades da seguinte maneira: amizades caixote do lixo. Tenho uma preocupação? Atiro-a para cima do amigo! Tenho uma coisa que me mói cá dentro? Telefono à amiga e descarrego as minhas ansiedades! Tenho um desgosto? Vou ter com o amigo e ponho-o às suas costas! 

É precisamente como o caixote do lixo ou o cesto dos papéis que está a um canto da sala. O desenho ficou mal feito? Enrugo-o e atiro-o para dentro. Estas amizades acabam, ou porque o amigo se cansou de ser cheio ou porque encontrou de improviso um caixote mais fixe, mais amoroso, ou ainda porque o caixote encontrou finalmente alguém sobre quem lançar as próprias aflições... De caixote passivo a caixote ativo!

E eis as clamorosas afirmações sobre a amizade que não existe. Mas que vida seria sem a amizade? Poder-se-ia viver sem amigos? 

A amizade que cresce 

Dos montes de cinzas destas amizades que de improviso despontaram e murcharam, pode germinar uma capacidade de amizade (ativa e passiva) mais sólida?

Pode! Porque esta amizade não germina sozinha como certas plantas silvestres (e geralmente perigosas!), mas exige um assíduo, atento e também cansativo cultivo. Conheces facilmente aqueles que não realizaram esta tarefa. São aquelas pessoas (adultos ou não) que procuram sempre receber, e nunca dar; que são incapazes de ler qualquer situação sem as lentes do egoísmo; são pessoas azedas, duras, com preconceitos. Repara que não é feliz a sorte de quem não aceita o esforço por aprender a ter e a dar amizade! Também a Bíblia diz que nenhuma riqueza se pode comparar a um amigo verdadeiro.

Portanto, ao trabalho! As plantas a cultivar são: a fidelidade, a capacidade de escutar, a generosidade, a disponibilidade, a sinceridade, a discrição... Tudo coisas que não nascem espontaneamente na ponta de um nariz maroto. É preciso lavrar o terreno, semear... com muita fadiga. Mas o que é a fadiga diante de um amigo verdadeiro?

Marcações: Valores, Amizade, Amor , Carinho, Discussão

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • 4 filmes para ver no Dia do Pai

    4 filmes para ver no Dia do Pai

    No Dia do Pai, nada melhor que um "serão cinematográfico" para celebrar todo o amor que recebes do teu pai. Deixamos-te algumas sugestões de filmes para veres neste dia especial.

  • Mindfulness: Como é que nos pode ajudar na escola?

    Mindfulness: Como é que nos pode ajudar na escola?

    Já muito se diz sobre o quão acelerados são os tempos em que vivemos. Além da distração,os mesmos aumentam os níveis de stress e ansiedade. Neste sentido, investigadores do Reino Unido debruçaram-se sobre como a meditação e o mindfulness pode contornar estes sintomas.

  • Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo II da Quaresma

    Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo II da Quaresma

    Depois de ter anunciado o Evangelho na Galileia, Jesus vai a caminho de Jerusalém. Como preparação para esta nova etapa da sua vida, começa a rezar. Sobe a um monte, o lugar de encontro com Deus. Leva consigo os seus discípulos de mais confiança: Pedro, João e Tiago.

  • As cores da Quaresma

    As cores da Quaresma

    Na quaresma a cor litúrgica predominante é o roxo. Mas também se usa o rosa. E porque é que nas festas se usa o branco? Quantas cores há na liturgia afinal?

  • Síndrome do pensamento acelerado: será que o tens?

    Síndrome do pensamento acelerado: será que o tens?

    Provavelmente já ouviste alguma pessoa mais velha da tua família a começar uma frase com a expressão “No meu tempo..." Este padrão nostálgico tem a ver com o facto de que tudo, tudo mesmo, muda a uma velocidade absurda. Queres um exemplo? As pessoas nascidas nos anos 80 ou antes disso têm lembranças nítidas de como era a vida sem internet, sem redes sociais e, inclusive, sem telemóvel.

  • Quaresma - dar a vida em esmola

    Quaresma - dar a vida em esmola

    Depois de termos aprofundado o sentido do jejum hoje falamos sobre a segunda “arma” que a Igreja nos aconselha para vencer o pecado neste tempo da quaresma: a esmola.

  • Moda: cada vez mais pessoas escolhem marcas amigas do ambiente

    Moda: cada vez mais pessoas escolhem marcas amigas do ambiente

    Não é segredo nenhum que a indústria da moda é a que mais contribui para a poluição do nosso planeta. Entre aterros acumulados com roupas deitadas fora, toneladas de água desperdiçada usadas para tingir tecidos todos os dias e microfibras prejudiciais que são colocadas nos oceanos, a necessidade de grandes mudanças nunca foi tão grande.

  • Histórias para Crescer: A Palmeira e a Pedra

    Histórias para Crescer: A Palmeira e a Pedra

    Ben Sadok não tinha um caráter fácil. Tinha sobretudo o vício de destruir tudo o que de belo e bom via à sua volta.

  • O que é isso do

    O que é isso do "Momo Challenge"?

    A não ser que andes a viver numa toca, de certeza que tens sido bombardeado com uma imagem de uma boneca assustadora, a entupir o teu feed no instagram, aterrorizando-te no Twitter ou no facebook. Bem-vindo ao Desafio MOMO.

  • Vem aí uma série sobre

    Vem aí uma série sobre "O Senhor dos Anéis"

    Se antes os nossos pais tinham de comprar pacotes de canais televisivos da mesma operadora, hoje temos de pedir para aderir a mais do que um serviço de streaming. A Amazon Prime está a preparar uma das séries mais caras de sempre - Senhor dos Anéis. 

  • 40 dias de “penitência”… porquê tanto tempo?

    40 dias de “penitência”… porquê tanto tempo?

    Há pouco tempo acompanhei uma missão juvenil e um dos missionários perguntou-me, mais ou menos com estas palavras: “Não se podia resolver isto da preparação para a Páscoa mais depressa? Sei lá…uma novena (9 dias) ou um tríduo (3 dias)?”. Eu respondi exatamente com estas palavras: “poder, podia…mas não era a mesma coisa!”

  • Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo I da Quaresma

    Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo I da Quaresma

    O deserto é um lugar misterioso, onde tanto a sobrevivência como a morte caminham lado a lado. Um lugar desafiante, onde também Deus conduz os profetas para lhes poder falar ao coração, onde caminha com o povo hebreu, partilhando a sua vida.