Histórias para crescer - A nota de 500 euros

0
0
0
s2sdefault

Ao iniciar um novo semestre, um professor perante uma turma de universitários caloiros, inicia a aula mostrando uma nota de 500 euros novinha e afirma: Quem quiser esta nota de 500 euros, levante o braço.

 

Ainda a estranhar a situação, todos na sala levantam o braço. O professor diz então: Esta nota será de um de vós, mas antes de a entregar ao feliz contemplado deixem-me fazer isto… E amarfanha a nota nas mãos, encorrilhando-a.

Novamente pergunta: E agora, alguém quer esta nota?. Como anteriormente, todos erguem o braço.

 Ainda não satisfeito o professor continuou: E se eu fizer isto?… E atira a nota ao chão e pisou-a várias vezes com firmeza. Pegando na nota do chão, suja e amassada e pergunta outra vez: E agora?… Alguém quer esta nota de 500 euros? De novo, todos os braços se levantaram.

Enfrentando a assistência, o professor explica: Não importa o que eu fizer com esta nota porque irão sempre continuar a querer este dinheiro, porque a nota não perde o seu valor. O que quero que reflitam é que o mesmo também acontece com cada um de nós… Muitas vezes nas nossas vidas somos amassados, pisados e sentimo-nos diminuídos e sem valor. Mas apesar do que nos possa acontecer quero que recordem sempre que jamais perdemos o nosso valor. Sujos ou limpos, amassados ou inteiros, magros os gordos, altos ou baixos, nada disso tem importância! Porque isso não altera a importância que temos!… O valor das nossas vidas não é pelo que aparentamos ser, mas, pelo que somos e fazemos.

Agora, reflitam e recordem:

1- O nome das 5 pessoas mais ricas do mundo!

2- O nome das 5 últimas Miss Universo!

3- O nome de 10 vencedores do prémio Nobel!

4- O nome dos 5 últimos Óscares para melhor ator!

Então?… Difícil, não é?… Não se recordam???… Não se preocupem. Nenhum de nós se lembrará dos melhores de ontem. Os aplausos são momentâneos e os troféus enchem-se de pó!

Mas pensem agora no seguinte:

1- O nome de 3 professores que contribuíram para a vossa formação!

2- O nome de 3 amigos que já vos ajudaram em momentos difíceis!

3- Pensem em 2 pessoas que já vos fizeram sentir especiais!

E agora?... É mais fácil, não é verdade?

As pessoas que marcam a nossa vida não são as que têm as melhores credenciais, as que têm mais dinheiro, ou as que obtiveram os melhores prémios…. São aquelas que se preocupam connosco, que cuidam de nós, aquelas que, de algum modo, estão ao nosso lado.

Tantas vezes temos dificuldade em perceber o valor do outro, porque a vida o magoou e pisou. Mas o mais difícil de perceber é o nosso próprio valor, independentemente do que nos possa ter acontecido. A verdade é que todos seremos tocados pela vida e nem sempre da melhor forma.

A Psicologia fala de resiliência, que é um conceito adaptado da física. A resiliência é a capacidade de um material voltar à sua forma inicial depois de submetido a forças contrárias, por exemplo, os elásticos depois de esticados recuperam a sua forma original. Mas há muitos materiais em que isso não acontece, por exemplo, quando um automóvel sofre um choque é preciso a ajuda de um mecânico para recuperar a sua forma inicial (se tiver conserto).

Desta forma, apesar dos choques e das forças contrárias que vamos tendo ao longo do nosso crescimento, acreditando em nós e no nosso valor mais facilmente recuperamos a nossa forma original. Muitas situações vão-nos partir o coração ou mesmo deixar cicatrizes visíveis, mas o nosso trabalho é não deixar que isso afete o nosso valor e sermos resilientes!

Marcações: Contos, Valores, Pessoas, Amigos, Adolescentes, Histórias , Dinheiro

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.