Histórias para crescer - O verdadeiro valor de um anel

0
0
1
s2smodern

Certo dia, no final de uma aula, um aluno abordou o professor...

– Professor, eu sinto-me um inútil. Não tenho força nem vontade para nada. Dizem que não sirvo para nada… que sou lento… um completo idiota. Ajude-me, por favor.

O professor, sem olhá-lo, disse-lhe: 

– Sinto muito, meu jovem. Estou numa fase complicada e a tentar resolver um problema sério. Volte noutra altura, por favor.

Quando o jovem já ia a sair, o professor propôs- lhe: 

– Bem, se me ajudares, eu poderia resolver o meu problema mais rapidamente e depois pensávamos no teu…

– C… Claro, professor, concordou o jovem, bastante inseguro.

O professor tirou o anel que usava e disse-lhe: 

– Vai até ao mercado e vende este anel. Preciso de dinheiro pagar uma dívida, mas, por favor, promete-me que não o vendes por menos de uma moeda de ouro. Vai depressa e volta o mais rápido que conseguires.

Mal chegou ao mercado, o jovem começou a oferecê-lo a todos que encontrava. Eles olhavam com algum interesse, mas, quando o jovem dizia quanto pretendia pelo anel, todos se riam, voltavam-lhe as costas e ignoravam-no. Só um velhinho, vendo o seu sofrimento, foi simpático e explicou-lhe que uma moeda de ouro era muito dinheiro por aquele anel.

Um outro, tentando ajudar, chegou a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem, seguindo as orientações do seu professor, recusou a oferta.

Abatido pelo fracasso e muito triste, voltou para junto do professor. Chegou mesmo a desejar ter uma moeda de ouro e comprar aquele anel, mesmo que não valesse tanto, somente para ajudar o professor.

Mal o viu começou a contar:

– Professor, sinto muito, não consegui vender o anel. É impossível conseguir o que o senhor está a pedir. Talvez eu consiga 2 ou 3 moedas de prata, mas, não mais que isso. Não podemos enganar ninguém sobre o verdadeiro valor deste anel.

– Tens razão, meu amigo, disseste algo de muito importante. Antes de tentar vender o anel, deveríamos, primeiro, saber o seu real valor. Não queremos enganar ninguém, nem ser enganados, correto? Por favor, peço-te que vás ao joalheiro; quem melhor do que ele para saber o valor verdadeiro deste anel? Diz-lhe que quero vendê-lo e pergunta quanto pode oferecer, mas, atenção, independentemente de quanto ofereça, não vendas o anel ao joalheiro. Pergunta apenas o valor do anel e volta para me dar a informação.

Na tentativa de ajudar o seu professor, o jovem foi até o joalheiro, que examinou o anel com muita atenção. O joalheiro, então, disse-lhe: – Diz ao teu professor que, se tem pressa em vender o anel, não lhe posso dar mais do que 20 moedas de ouro…

– 20?! – Perguntou o jovem com grande espanto.

– Sim, replicou o joalheiro, poderei chegar às 30 moedas de ouro, mas, só se ele não tiver pressa.

O jovem, emocionado, correu até ao professor e contou-lhe tudo. 

– 20 moedas de ouro, uau! – exclamou o professor, e rindo, troçou: – Aqueles homens no mercado perderam um bom negócio, não foi?

– Sim, professor - concordou o jovem, todo empolgado. – Então, professor, por quanto vai vender o anel?

– Eu não vou vender o anel! Fiz isto para perceberes uma coisa: Tu, meu jovem, és como esse anel, uma jóia valiosa e única. Mas, somente pessoas sábias podem avaliar o teu real valor. Ou pensas que qualquer um poderia avaliar corretamente? Não! Não importa o que digam de ti, o que importa é o teu real valor.

E, dizendo isso, colocou o seu anel no dedo, continuando:

Todos nós somos como esta jóia, únicos e valiosos; infelizmente, passamos por muitos mercados ao longo da vida, diminuindo o nosso próprio valor, na esperança que pessoas mal preparadas nos valorizem. Ninguém deveria ter a força de nos fazer sentir inferior, sem o nosso consentimento. Cada um de nós é especial, pois foi Deus que nos fez.

Fonte: Autoestima, de Miguel Angel Montoya e Carmen Elena Sol, Editorial PAX, México

Cada um de nós é um diamante em bruto e torna-se perigoso quando deixamos que os outros nos avaliem e atribuam valor sem nos conhecerem. Pior, é quando acreditamos que essas pessoas (nem sempre bem intencionadas) têm razão e medimos o nosso valor pelo que os outros dizem.

Os que devemos ouvir (acerca do nosso valor) são os que nos fazem descobrir o nosso diamante e o valorizam, porque esses são os que se preocupam e nos querem ver bem!

Do mesmo modo, quantos diamantes já desvalorizamos? Quantas pessoas que não conhecemos bem e negamos a oportunidade de ver e realçar o seu verdadeiro valor?

O mundo seria bem diferente se todos valorizassem o seu diamante e o dos outros! Esse seria um mundo iluminado pelo respeito e onde todos saberiam o seu verdadeiro valor.

Marcações: Valores, Crescer, Histórias

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Santíssima Trindade

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Santíssima Trindade

    Para alguns, Deus é simplesmente algo misterioso. Para outros, é um velhote de barbas brancas sentado no Céu, que está bem longe do que se passa na Terra.

  • Como sei que é meu amigo?

    Como sei que é meu amigo?

    Espera, antes disso. Quais as qualidades e características que uma pessoa tem de ter para a considerares tua Amiga? A importância que quem está à tua volta tem na tua vida é determinante!

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo de Pentecostes

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo de Pentecostes

    A paz recebida de Jesus transforma-se em missão. Outrora, o Pai confiara a Jesus uma missão (ser portador da salvação de Deus à nova humanidade); agora é Jesus que envia os seus a serem portadores desta mensagem de vida nova a todos os homens.

  • James Bay: Uma boa surpresa para a tua

    James Bay: Uma boa surpresa para a tua "playlist"

    "Sem expectativas" - é o meu lema para os concertos. No Domingo fui assistir ao concerto de Ed Sheeran, que contava com 3 concertos de abertura. Mais uma vez, fui sem expectativas, sem preparação. E fui surpreendida.

  • 7 factos sobre Ed Sheeran

    7 factos sobre Ed Sheeran

    No fim de semana em que o cantor vem a Portugal para dois concertos, damos-te a conhecer algumas curiosidades do cantautor inglês. 

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Ascensão do Senhor

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Ascensão do Senhor

    Jesus sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia, e em seu nome serão pregados a todos os povos a conversão e o perdão dos pecados. São as últimas palavras de Jesus, o seu testamento. Agora somos nós que temos de continuar o Seu legado. Jesus confia-nos três tarefas, que se resumem em três elementos.

  • Filmes com

    Filmes com "cheiro a Verão"

    Férias de verão significa ir até à praia, piscina, estar o maior tempo ao sol. Com a escola quase a terminar, há muito tempo livre para ocupar, e porque não com filmes? Aqui vão algumas sugestões:

  • Uma ilha no Mediterrâneo formada por ... lixo?

    Uma ilha no Mediterrâneo formada por ... lixo?

    O mar mediterrâneo comunica-se com o Atlântico pelo Estreito de Gibraltar e banha incontáveis praias pitorescas do norte da África, da Europa e da Ásia, cobrindo uma área de aproximadamente 2,5 milhões de quilómetros quadrados.

  • Fake News: Como detetar

    Fake News: Como detetar "bots" no Twitter?

    "Marcus099875 retwittou..." Um nome seguido de vários números aleatórios pode ser uma indicação de bot no Twitter. Contudo, o padrão não é regra e é preciso aprofundar um pouco mais. Investigadores do site Recorded Future deram uma palestra sobre este fenómeno na Security Analyst Summit deste ano. A ideia é mostrar porque é que os bots são utilizados.

  • Há vida para além de

    Há vida para além de "A Guerra dos Tronos"?

    8 anos e 8 temporadas depois, "A Guerra dos Tronos" chegou ao fim este fim de semana. Mas, e agora? O que fazer ao tempo dedicado a esta série? Aqui vão algumas sugestões:

  • "Estou sempre a adormecer"

    Quantas vezes dás por ti a adormecer nas aulas? Seja por uma noite mal dormida ou uma tarefa entediante, estar constantemente a fechar os olhos a todo o momento não é algo agradável. Para ficar mais alerta e deixar a preguiça de lado, aqui vão algumas dicas. 

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo V da Páscoa

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo V da Páscoa

    Judas sai para entregar Jesus. Quem fica, alimenta-se de Deus, através de Jesus. A saída de Judas da presença dos discípulos cria o ambiente para a intimidade com os seus. É o tempo da despedida, do testamento final.