Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

És narcisista? (Re)Vê a tua atitude nas redes sociais

0
0
0
s2sdefault

Não vamos tecer qualquer discurso moralista sobre as redes sociais. Sabemos que elas vieram para ficar e que grande parte das amizades que tens foram fortalecidas por esses meios. Mas será que sabes usá-las com moderação? Ou estarás a ser um narcisista social?

Esta questão do narcisismo social (ou em inglês social media narcissism)  tem sido um tópico bastante falado e abordado nos últimos tempos na área da comunicação, por isso mesmo é que decidimos trazê-lo até ti. Vários estudos afirmam que estes são alguns dos sinais que te estão a tornar numa pessoa egocêntrica no que toca à tua presença nas redes sociais. Se achas que os mesmos se estendem à tua vida pessoal, então lê este artigo até ao fim:

O especialista das selfies

Normalmente, as pessoas que mais vezes tiram selfies são as que procuram mais atenção para si próprias. Já deves estar a identificar umas quantas pessoas da tua lista de contactos, mas e tu? És assim também? Outra questão levantada pelos investigadores é a de que normalmente os narcisistas mudam regularmente as suas fotos de perfil nas redes, quer sejam selfies ou fotos ditas normais. Os narcisistas estão sempre desesperados por atenção, daí que uma nova fotografia possa suscitar mais atençao.

Viciado em redes sociais

Se estás nas redes sociais, mesmo quando não estás a fazer nada, esse pode ser outro sinal que pode transmitir narcisismo. Manifesta também o sinal de que as redes sociais podem mesmo ser um vício, do qual cada vez mais pessoas sofrem. Claro que não estamos a falar de uma atitude de ver o que se passa nas redes sociais ou quais as principais notícias, já que isso é a rotina de grande parte das pessoas. Estamos a falar de um vício que leva a não ter noção do sítio onde se está ou de partilha social presencial. 

Guerra de opiniões

As pessoas com traços narcisistas querem desesperadamente ser o centro das atenções em todos os momentos. Isso leva a que, muitas vezes, comentem o estado de outras pessoas (ou criem mesmo publicações) com temas polémicos, só mesmo para ganhar o interesse e o desejo dos que o seguem. Não é preciso concordar ou discordar, basta apenas que se comente para satisfazer o desejo de atenção. 

Demasiada informação

Os narcisistas tendem sempre por contar a todos qualquer coisa que façam. Querem transmitir a imagem de que a sua vida é espetacular. Claro que isto, com moderação, não tem problema nenhum, mas levado ao extremo - com mentiras ou embustes só para embelezar o cenário, pode ser preocupante. 

Moderação- a Chave

Não queremos transmitir a ideia de que o narcisismo é uma doença mental ou que impossibilita uma vida normal. São apenas sinais que podes não ver, mas estão a mudar a tua relação com os teus amigos ou familiares. Uma boa forma de controlares estas atitudes (se achas que as tens) é desinstalar as aplicações dessas redes durante três dias. Se aguentares os três dias sem abrires a aplicação ou ires à página no broswer, poderás estar no bom caminho para o equilíbrio da participação em rede com os outros. 

 

Marcações: Valores, Redes Sociais

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.