Dar esmolas aos pobres?

0
0
1
s2smodern

Pelo caminho que fazes normalmente quando sais de casa, não serão poucas as vezes com que te cruzas com pessoas que pedem dinheiro. Será que és obrigado a dar-lhes esmolas?

Num bairro degradado de uma grande cidade da América latina, uma família amontoa-se numa barraca. Apesar da sua miséria, ouvem-se risos que saem lá de dentro. Melhor ainda, quando um desconhecido se aproxima, convidam-no a partilhar a sua refeição e recebem-no como um príncipe. Nesta casa há falta de dinheiro,mas não falta a alegria nem o amor.

Dinheiro, sim....

Alguns mendigos necessitam de dinheiro, e nada impede de lhes darmos uma esmola de tempos a tempos. Basta que tenhamos algo para lhes dar e essa pessoa seja realmente digna de compaixão e necessitada de uma ajuda para se alimentar. É preciso ter compaixão dos pobres e não vir com frases feitas, como esta: Eles querem é dinheiro para o vinho. Com que direito temos nós de julgar uma pessoa, se nem sequer a conhecemos de lado nenhum? Podemos também dar uma ajuda a associações que se dedicam a socorrer essas pessoas, como é a Caritas e outras. Elas sabem melhor onde se encontram os verdadeiros necessitados. O que temos a mais pertence aos pobres.

Compreensão e respeito

As pessoas miseráveis, as que pedem nas ruas da cidade, sofrem fisicamente. À chuva ou ao frio, dormindo ao relento, tudo isso é desgastante e envelhece as pessoas antes do tempo. Existe também um sofrimento psíquico. É sem dúvida humilhante ter de estar a estender a mão a quem passa e a receber em troca a indiferença.  Em troca de um olhar respeitador, elas recebem todos os dias centenas de olhares indiferentes, de desprezo ou de uma compaixão que os humilha. Se cada qual pode decidir dar ou não uma esmola, ninguém pode ser avarento quando se trata de respeitar os mendigos, pois toda a pessoa tem direito à sua dignidade.

Numa palavra , amor!

Na realidade, os mendigos, os que vivem e dormem na rua, necessitam sobretudo de estima, de atenção, de respeito. Apreciam talvez mais uma flor que uma moeda! Numa palavra, necessitam de amor, pois muitas vezes a sua situação faz com que vivam sós ,sem família, sem amigos, com os companheiros de infortúnio. O dom do amor está ao alcance de toda a gente, mesmo da gente nova que geralmente anda de bolsos vazios, sem dinheiro para dar. Um sorriso, um« bom-dia»  ou um olhar franco são já pequenos gestos de amor.

Marcações: Pobres, Sem-abrigo, Amor , Esmola

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • 4 filmes para ver no Dia do Pai

    4 filmes para ver no Dia do Pai

    No Dia do Pai, nada melhor que um "serão cinematográfico" para celebrar todo o amor que recebes do teu pai. Deixamos-te algumas sugestões de filmes para veres neste dia especial.

  • Mindfulness: Como é que nos pode ajudar na escola?

    Mindfulness: Como é que nos pode ajudar na escola?

    Já muito se diz sobre o quão acelerados são os tempos em que vivemos. Além da distração,os mesmos aumentam os níveis de stress e ansiedade. Neste sentido, investigadores do Reino Unido debruçaram-se sobre como a meditação e o mindfulness pode contornar estes sintomas.

  • Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo II da Quaresma

    Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo II da Quaresma

    Depois de ter anunciado o Evangelho na Galileia, Jesus vai a caminho de Jerusalém. Como preparação para esta nova etapa da sua vida, começa a rezar. Sobe a um monte, o lugar de encontro com Deus. Leva consigo os seus discípulos de mais confiança: Pedro, João e Tiago.

  • As cores da Quaresma

    As cores da Quaresma

    Na quaresma a cor litúrgica predominante é o roxo. Mas também se usa o rosa. E porque é que nas festas se usa o branco? Quantas cores há na liturgia afinal?

  • Síndrome do pensamento acelerado: será que o tens?

    Síndrome do pensamento acelerado: será que o tens?

    Provavelmente já ouviste alguma pessoa mais velha da tua família a começar uma frase com a expressão “No meu tempo..." Este padrão nostálgico tem a ver com o facto de que tudo, tudo mesmo, muda a uma velocidade absurda. Queres um exemplo? As pessoas nascidas nos anos 80 ou antes disso têm lembranças nítidas de como era a vida sem internet, sem redes sociais e, inclusive, sem telemóvel.

  • Quaresma - dar a vida em esmola

    Quaresma - dar a vida em esmola

    Depois de termos aprofundado o sentido do jejum hoje falamos sobre a segunda “arma” que a Igreja nos aconselha para vencer o pecado neste tempo da quaresma: a esmola.

  • Moda: cada vez mais pessoas escolhem marcas amigas do ambiente

    Moda: cada vez mais pessoas escolhem marcas amigas do ambiente

    Não é segredo nenhum que a indústria da moda é a que mais contribui para a poluição do nosso planeta. Entre aterros acumulados com roupas deitadas fora, toneladas de água desperdiçada usadas para tingir tecidos todos os dias e microfibras prejudiciais que são colocadas nos oceanos, a necessidade de grandes mudanças nunca foi tão grande.

  • Histórias para Crescer: A Palmeira e a Pedra

    Histórias para Crescer: A Palmeira e a Pedra

    Ben Sadok não tinha um caráter fácil. Tinha sobretudo o vício de destruir tudo o que de belo e bom via à sua volta.

  • O que é isso do

    O que é isso do "Momo Challenge"?

    A não ser que andes a viver numa toca, de certeza que tens sido bombardeado com uma imagem de uma boneca assustadora, a entupir o teu feed no instagram, aterrorizando-te no Twitter ou no facebook. Bem-vindo ao Desafio MOMO.

  • Vem aí uma série sobre

    Vem aí uma série sobre "O Senhor dos Anéis"

    Se antes os nossos pais tinham de comprar pacotes de canais televisivos da mesma operadora, hoje temos de pedir para aderir a mais do que um serviço de streaming. A Amazon Prime está a preparar uma das séries mais caras de sempre - Senhor dos Anéis. 

  • 40 dias de “penitência”… porquê tanto tempo?

    40 dias de “penitência”… porquê tanto tempo?

    Há pouco tempo acompanhei uma missão juvenil e um dos missionários perguntou-me, mais ou menos com estas palavras: “Não se podia resolver isto da preparação para a Páscoa mais depressa? Sei lá…uma novena (9 dias) ou um tríduo (3 dias)?”. Eu respondi exatamente com estas palavras: “poder, podia…mas não era a mesma coisa!”

  • Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo I da Quaresma

    Escuta, Arrisca e Vive a Quaresma! | Domingo I da Quaresma

    O deserto é um lugar misterioso, onde tanto a sobrevivência como a morte caminham lado a lado. Um lugar desafiante, onde também Deus conduz os profetas para lhes poder falar ao coração, onde caminha com o povo hebreu, partilhando a sua vida.