M&M – Truques para organizar e memorizar a matéria

0
0
1
s2smodern

Acho que foi no 5º ano. Em véspera de testes, uma das professoras contou que, na nossa idade, quando precisava de decorar matéria, o fazia através da música. Achei piada à dica e pu-la logo em prática. O teste de português exigia que decorássemos as preposições.

A lista ultrapassava os 20 itens e por mais que me esforçasse não havia modo de as saber… Então, procurei uma melodia em que elas encaixassem. Não sei porquê, mas surgiu-me a canção “Para ti Maria” dos Xutos e Pontapés e…comecei a trautear a melodia substituindo a letra por “a”, “ ante”, “ após”,  “até”,  “com”, “contra”, “de”, “desde”, “em”… E aquilo soou bem! De tal forma que ainda hoje as sei de cor. E olha que já lá vão mais de 20 anos!

Partilho contigo esta memória, porque, provavelmente, estás em fase de estudo para exames. E, devido à pressão, à ansiedade…. talvez estejas a ter dificuldades em memorizar elementos importantes. Quem sabe se esta técnica não resulta contigo? A música pode desempenhar no cérebro o papel de janela de oxigênio perante situações em que se sente fechado e ansioso.  Experimenta. Seleciona algo que tenhas de reter e procura inseri-lo numa melodia de que gostes e que tê gosto cantar. Com uma batida que tenha um impacto positivo em ti.

Podes associar as tuas composições académicas a outro auxiliar de memória: as mnemónicas. Como sabes, as mnemónicas são um “truque” que consiste em classificar e associar a informação de forma significativa para o indivíduo.

Um exemplo? Aqui vai. A lista dos planetas que compõem o sistema solar: Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Neptuno. Para decorar esta lista, ordenaram-se as iniciais de cada palavra numa frase com sentido (pelo menos, para quem a escreveu):

Minha Vizinha Trouxe-Me o Jantar: Sopa, Uvas & Nozes

Outro exemplo é o título que dei a este artigo. M&M. Quando viste estas duas iniciais lembraste-te logo do chocolate, certo? É uma forma infalível de recordares a resposta à pergunta: Quais são as duas técnicas de estudo que te podem ajudar a ter mais sucesso nos exames? Música e Mnemónicas.

Estas dicas são, sobretudo, simples e procuram descomplicar. Mas a verdade é que podem não resultar contigo. E se assim for, não stresses. Nem todos reagem da mesma forma aos mesmos estímulos. Por isso, é importante que procures descobrir o que é que, em ti, melhora a concentração. É ouvir música clássica? É ler a matéria em voz alta? É escrever os resumos em papel? É escutares a matéria enquanto praticas desporto?

E para terminar, vou citar outra professora que tive no 9º ano. Não me recordo do seu nome, e esteve apenas 3 meses a substituir o professor titular da disciplina. Mas nunca mais me esqueci desta recomendação que ela repetia em todas as ualas: Não interessa estudar muito. O que interessa é estudar bem!

Boa sorte!

Marcações: Exames, Estudar, Testes

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias