Sophie Cruz: Construir famílias e não muros

0
0
0
s2sdefault

Sophie Cruz é dada a conhecer ao mundo em 2015, quando na visita do Papa aos EUA, a pequenina corre para lhe dar um abraço. Entrega-lhe também uma carta sobre a história dos seus pais, imigrantes mexicanos à procura de lgalizar a sua situação.

 

Os pais de Sophie, Raul e Zoyla Cruz, são imigrantes nos EUA, oriundos de Oaxaca, no México, e o medo de Sophie da deportação dos seus pais tornou-a numa das vozes mais jovens do movimento de reforma da imigração.

Sophie fez um segundo apelo ao publicar no site PresidentialOpenQuestions.com, um fórum que permite aos utulizadores propor perguntas para o próximo debate presidencial.

Sophie perguntou a Donald Trump e Hillary Clinton o que aconteceria com ela se os seus pais fossem deportados e recebeu mais de 37 mil votos.A pergunta de Sophie ficou em 20º na noite anterior ao segundo debate, alta o suficiente para ser colocada pelas moderadoras Martha Raddatz e Anderson Cooper, mas não foi solicitada.

Sophie foi convidada a visitar o Presidente Obama na Casa Branca para uma celebração do Cinco de Mayo em 2016. Como os seus pais não eram documentados, não puderam entrar na Casa Branca e, em vez disso, Sophie estava acompanhada por Alida Garcia e pela cineasta Paola Mendoza. Medoza já havia dirigido um pequeno vídeo "Free Like the Birds", que tem como protagonistas Sophie e a sua família, que estreou no Tribeca Film Festival.

 

Marcações: JOvens, Valores, EUA , Política

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias