Sophia de Mello Breyner: porquê conhece-la?

0
0
0
s2sdefault

Hoje celebra-se o centenário do nascimento da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner. Já deves conhecê-la da escola, é autora de alguns livros que já deves ter ouvido falar - "A Fada Oriana", "O Cavaleiro da Dinamarca", "O Rapaz de Bronze". Porque é que os professores recomendam tanto a obra de Sophia de Mello Breyner?

 

É uma das poetisas mais importantes do século XX

Nem sempre foi fácil dedicar-se às artes no nosso país. Por isso é que as palavras de Sophia de Mello Breyner marcaram o século XX. A poetisa é considerada uma das mais importantes figuras da literatura portuguesa, tendo recebido diversos reconhecimentos formais, sendo um dos mais importantes o "Prémio Camões”, em 1999. Sophia foi a primeira mulher a receber este prémio. Sophia recebeu também o “Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-americana”, de 2003, e o “Prémio da Crítica” pelo Conjunto da Obra, oferecido à autora na década de oitenta pelo Centro Português da Associação Internacional de Críticos Literários.

Transmite valores intemporais 

A obra de Sophia Andresen consegue agregar ideais e valores que por vezes se confrontam - uns falam de valores cristãos:

Deus escreve direito por linhas tortas

E a vida não vive em linha recta
Em cada célula do homem estão inscritas
A cor dos olhos e a argúcia do olhar
O desenho dos ossos e o contorno da boca
Por isso te olhas ao espelho:
E no espelho te buscas para te reconhecer
Porém em cada célula desde o início
Foi inscrito o signo veemente da tua liberdade
Pois foste criado e tens de ser real
Por isso não percas nunca teu fervor mais austero
Tua exigência de ti e por entre
Espelhos deformantes e desastres e desvios
Nem um momento só podes perder
A linha musical do encantamento
Que é teu sol tua luz teu alimento

Na mesma obra da poetisa, também se exalta o valor da sabedoria grega:

DIONYSOS

Entre as árvores escuras e caladas
O céu vermelho arde,
E nascido da secreta cor da tarde
Dionysos passa na poeira das estradas.

A abundância dos frutos de Setembro
Habita a sua face e cada membro
Tem essa perfeição vermelha e plena,
Essa glória ardente e serena
Que distinguia os deuses dos mortais.

Ainda que pareça quase um paradoxo, Sophia deixa-nos sempre esta reflexão de que somos uma adorável composição de tudo aquilo que lemos, conhecemos e amamos, ainda que esse “tudo” possa parecer tão díspar.

Um mundo melhor

Há na obra da poetisa, uma evidente carga de justiça, de procura por um mundo mais e justo. Sophia escrevia bastante sobre a ditadura de Salazar. Nessa linha, destacam-se, por exemplo, os poemas que abordam o 25 de abril, ou, antes, ainda na luta pela democratização em Portugal.

25 DE ABRIL

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Marcações: Valores, Literatura, Poetas, Poemas, Poesia

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Gustavo Carona:

    Gustavo Carona: "O mundo precisa saber" que há um mundo por mudar

    Gustavo Carona é médico anestesista português. Com 39 anos, já esteve em mais de 10 missões humanitárias em todo o mundo, desde o Congo ao Afeganistão, Iémen ou Síria. "Não poso salvar o mundo, mas posso ser feliz a tentar", é o que nos diz num livro sobre algumas das suas aventuras. 

  • Final do ano: decisões e prioridades

    Final do ano: decisões e prioridades

    Estamos no último mês do ano. Começam-se a preparar as malas para a viagem de um novo ano, novinho em folha... Ou novinho na agenda do telemóvel. 

  • Asia Bibi: A coragem de acreditar!

    Asia Bibi: A coragem de acreditar!

    Em 2010, Asia Bibi foi condenada à morte por alegadamente ter insultado o profeta Maomé e o Islão durante uma discussão com colegas de trabalho; depois de passar nove anos numa solitária, a jovem acabou por ser posta em liberdade e mudou-se para o Canadá. 

  • Harry Styles: Já conheces a ilha de

    Harry Styles: Já conheces a ilha de "Edora"?

    Harry Styles tem neste momento uma campanha de marketing incrível, com vídeos, mensagens e músicas em toda a internet. A mais recente novidade é a da olha de "Eroda" ao largo da costa inglesa.

  • Escuta. Arrisca e Vive o Advento! | Domingo II (ANO A)

    Escuta. Arrisca e Vive o Advento! | Domingo II (ANO A)

    No segundo domingo do Advento, olhamos para Maria, uma jovem mulher visitada por um Anjo de Deus. Ainda que seja igual a nós, Maria é especial – está orientada para Deus e possui uma força maior que a nossa para saber distinguir o bem do mal. 

  • Sophie Cruz: Construir famílias e não muros

    Sophie Cruz: Construir famílias e não muros

    Sophie Cruz é dada a conhecer ao mundo em 2015, quando na visita do Papa aos EUA, a pequenina corre para lhe dar um abraço. Entrega-lhe também uma carta sobre a história dos seus pais, imigrantes mexicanos à procura de lgalizar a sua situação.

  • Beato Pier Giorgio Frassatti: Sempre em

    Beato Pier Giorgio Frassatti: Sempre em "direção ao Alto"

    Pier Giorgio nasceu no seio de uma família muito rica, a 6 de abril de 1901. Filho do fundador do jornal La Stampa e de uma virtuosa pintora, foi com a mãe que Pier Giorgio absorveu o testemunho de fé e bons valores. 

  • Kay: a importância de cuidarmos de nós próprios.

    Kay: a importância de cuidarmos de nós próprios.

    Karolina é uma jovem polaca que vive atualmente em Inglaterra. Tem 26 anos, mas aos 13 começou um blog que mudou a sua vida. 

  • Músicas que desafiam:

    Músicas que desafiam: "Broken" dos Coldplay

    Nesta altura natalícia as rádios e plataformas de streaming tem sempre aquele conjunto de músicas habituais para esta época. Podemos hoje sugerir mais uma para a tua "playlist"?

  • Irmão Roger: um

    Irmão Roger: um "ponto de luz" num mundo em discórdia

    A vida do irmão Roger mistura-se com a história da própria comunidade de Taizé. 

  • Todos os amigos são eternos!

    Todos os amigos são eternos!

    Quantos amigos tens? Aqueles mesmo de confiança ... Um? Dois? Dez? Cada um tem uma relação diferente com os seus amigos: alguns fazem amigos todas as semanas,enquanto outros preservam as amizades de longa data e são mais reservados.

  • Bana Alabed:

    Bana Alabed: "Querido mundo, esta é a minha história"

    O testemunho de hoje chega-nos da Síria. Com apenas 7 anos, Bana Alabed criou uma conta Twitter com a ajuda da mãe, como uma forma de dar a conhecer a situação do seu país.