1 de novembro: Hoje é feriado porque… é o dia da Igreja toda!

0
0
0
s2sdefault

Parece estranho este título para o feriado de dia 1 de novembro.  Mas é verdade. A Igreja não é somente uma instituição humana nem somos só nós os batizados de todo o mundo. Existe uma Igreja Celeste, uma Igreja de todos os que já estão junto de Deus.

É a Igreja de todos os Santos. Os que foram canonizados e os que não sabemos o nome, mas que estão junto de Deus para toda a eternidade.

Já estás a perceber porque se chama hoje o Dia de Todos os Santos? Porque celebramos mesmo todos os que já estão no paraíso. E porque celebramos o ideal da santidade.

Sabes o que é a santidade?

É o nome cristão da felicidade. Ser santo é ser verdadeiramente feliz. Aqui na terra e, depois, no céu para sempre. A festa de Todos os Santos é uma festa de esperança: lembra-nos qual é a nossa verdadeira vocação e o nosso destino: a santidade que nos leva para o céu! E todos somos chamados à Santidade, não através de obras extraordinárias, mas vivendo como filhos de Deus a graça que recebemos no batismo. Como nos diz o para Francisco, “só existe uma tristeza nesta vida: a de não ser santo!”

Os Santos são os nossos irmãos mais velhos que a Igreja nos propõe como modelos porque, apesar de serem como cada um de nós cheios de virtudes e de pecados, eles encontraram Jesus e souberam reconhecer a Sua presença em todos momentos da sua vida, tantos os alegres como os mais tristes e exigentes.

No Credo que rezamos todos os domingos nós dizemos que acreditamos na Comunhão dos Santos. Sabes o que é? A comunhão dos santos é precisamente a Igreja toda. Nós que caminhamos para o Céu e aqueles que já estão no céu.

O Catecismo da Igreja Católica diz assim:

"Como todos os crentes formam um só corpo, o bem de um é comunicado ao outro. Do mesmo modo se deve acreditar que há uma comunhão de bens na Igreja”.

Assim nós temos a alegria de receber dos Santos os dons que eles já têm no céu. É por isso que lhes rezamos e pedimos a sua intercessão. Eles não podem fazer milagres, mas como estão mais perto de Deus podem pedir de uma maneira mais próxima que nós não podemos. E assim, através dos santos, nós recebemos os dons de Deus.

É uma corrente de bem, percebes? De Deus aos santos, dos santos a nós. É isto a comunhão dos santos. É isto a Igreja Toda. É isto que hoje celebramos.

Seria uma pena que desperdiçássemos um dom tão grande, não achas? Então aproveita o dia de hoje, quando fores à missa, para pedires aos teus amigos santos, os teus irmãos mais velhos na fé, que falem de ti a Deus e que recebe através deles todas as grandezas que Deus te quer entregar.

Feliz festa de Todos os Santos.
Feliz festa da Igreja Toda!

 

Marcações: Igreja, Valores, Esperança, Reflexão, Dia de todos os santos, 1 de novembro

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias