Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo XXV do Tempo Comum

0
0
1
s2smodern

O administrador, que engana e rouba, que faz saldos de última hora, é também capaz de transformar os seus bens em amizade. Jesus não louva apenas a sua astúcia, que é apenas um método airoso para se salvar duma situação difícil, mas vê nele um homem novo, capaz de fraternidade.

Aflito, o administrador oferece trigo e azeite, oferece vida aos seus devedores, serve-se do dinheiro para ser acolhido, para ser amado. Ao desperdício sucede o dom. A desonestidade permanece, mas ilumina-se agora um futuro novo.

Um só gesto de bondade e perdão conta muito mais do que as ervas daninhas da vida.

Na verdade, o administrador faz algo de profético, faz o que Deus faz connosco: dá e perdoa, absolve-nos de tudo. Porque só o amor gera amor, só o perdão fecunda a misericórdia, e a amizade pede simplesmente respostas gratuitas de amor.

E tu? Que tipo de administrador és? Que uso tens feito do maior bem que é a tua vida?

Bom Domingo!

Marcações: Valores, Evangelho, Jesus , Tempo Comum

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias