Os símbolos dos EUA

0
0
0
s2sdefault

Apresentamos alguns símbolos dos Estados Unidos da América. Através deles podemos ficar a conhecer melhor este grande país e o seu povo.

 1. A bandeira americana

As 50 estrelas da bandeira dos Estados Unidos representam os 50 Estados que formam este imenso país com 311 milhões e habitantes. As 13 bandas horizontais representam as 13 colónias inglesas das origens. Estes britânicos que se instalaram a Este da América proclamaram a sua independência em 1776 e fundaram os Estados Unidos. Partiram em seguida para a conquista do Far West, em busca de terras para cultivar. Milhões de índios da América foram massacrados pelos soldados. Esta aventura durou mais de um século, mas os americanos conservaram o espírito de exploradores. Demonstraram-no em 1969 enviando homens à Lua e colocando ali a sua bandeira.

2. A Estátua da Liberdade

Esta estátua com mais de 100 metros de altura, instalada em Nova Iorque, tem como nome A liberdade que ilumina o mundo. Segundo o ideal americano, a liberdade é a possibilidade de cada um pensar, dizer e acreditar naquilo que quer. É preciso que cada um possa realizar os seus sonhos. Mesmo que uma pessoa não tenha dinheiro nem amigos, deve esforçar-se por se tornar sábio, chefe de empresa, graças ao seu trabalho e às suas ideias. Esta é a base do sonho americano. A insistência na liberdade individual serve, por vezes. para justificar as desigualdades sociais. A liberdade americana continua a fazer sonhar a muita gente, sobretudo nos países privados dela.

3. O dólar

Os americanos são campeões do comércio. Para eles, a liberdade consiste também em fazer negócio! De facto, os Estados Unidos são a nação mais rica do mundo. O símbolo deste poder financeiro é o dólar, a moeda americana. Depois da Segunda Guerra Mundial, durante a qual os Estados Unidos intervieram militarmente para derrotar a Alemanha nazi, esta moeda tornou-se rainha internacional. Actualmente, o dólar continua a ser a moeda mais utilizada no mundo. Contudo, apesar de toda esta prosperidade, os Americanos estão longe de serem todos ricos. A pobreza atinge milhões de pessoas, que vivem na miséria ao lado de outros que vivem no luxo.

 4. Os jeans

Nos Estados Unidos o jean é a calça típica do americano relax. A descontração é importante para os americanos, porque eles têm a ideia de que, no seu país, cada qual é igual ao outro.
As roupas demasiado elegantes, os fatos e os vestidos recordam um pouco a Europa do passado, da qual se desligaram. Os americanos quiseram criar um país onde toda a gente tem os mesmos direitos. Ainda hoje, mesmo a um desconhecido na rua, raramente se diz senhor ou senhora. Preferem usar expressões mais familiares. O visual descontraído americano exportou-se de tal modo, que em toda a parte do mundo é possível encontrar um jean.

5. Basquetebol

Muitos americanos gostam imenso de desportos de equipa, como o basquetebol, inventado por eles. O desporto, mais que um divertimento, é como que uma escola onde cada qual aprende a viver saudavelmente, a ser leal e a trabalhar em equipa. É desta maneira que muitos americanos vêem a sua nação: um país onde os indivíduos são livres mas sabem associar-se para, juntos e unidos, alcançar êxitos.

6. O revólver

Nos filmes americanos, os personagens sabem manobrar bem as armas. Não é de admirar, pois as armas de fogo estão muito ligadas ao modo de vida dos americanos. Eles pensam que toda a gente deve poder defender o seu território, como os pioneiros que aí se instalaram há 300 anos. O direito ao porte de arma é garantido pela constituição americana. De facto, as armas de fogo são responsáveis por 30.000 mortos por ano.

7. O iPhone

Apesar da competição, sobretudo asiática, os Estados Unidos continuam a ser a primeira potência económica do mundo. De modo particular, porque são para já imbatíveis em matéria de inovação tecnológica. São excelentes, por exemplo, em informática e tecnologias da comunicação. Na Internet, as marcas americanas Google, Facebook ou ainda Twitter são verdadeiros impérios mundiais. Para citar apenas um exemplo, o iPhone, o smartphone inventado pela Apple, tem fãs em todo o mundo.

8. A colina de Hollywood

Os filmes de cowboys dos anos de 1950, os filmes de ação, as comédias e as séries actuais do cinema americano seduziram milhões de espectadores no mundo inteiro.
Hollywood, o nome do bairro de Los Angeles onde os filmes são fabricados em quantidade industrial, é um dos instrumentos mais eficazes do poderio americano. De facto, o seu cinema é de tal modo apreciado, que contribuiu para a americanização do mundo, difundindo imagens de um certo modo de vida. Nos quatro cantos do planeta, adolescentes e adultos sonham parecer e viver à maneira das vedetas famosas dos filmes.

9. A guitarra elétrica

A América também seduziu o mundo graças à sua música: Jazz, rock n’ roll, hip-hop… Esta música foi inventada sobretudo pelos Afro-americanos, os americanos negros, descendentes afastados dos antigos escravos africanos deportados para os Estados Unidos ente os séculos XVII e XIX. Os negros dos Estados Unidos são americanos, mas conservaram uma cultura e as suas tradições musicais. No século XX, as suas músicas ajudaram a combater o racismo, do qual eram vítimas. Foram seguidamente adoptadas pelos jovens de todo o mundo, para cantarem a sua sede de liberdade.

10. A Coca-Cola

Pode imaginar-se os Estados Unidos sem Coca-Cola? Mas esta bebida, tão conhecida em todo o mundo, teve de se adaptar, pois a obesidade da gente nova tornou-se num problema
preocupante. Os americanos estão cada vez mais atentos aos açúcares e às gorduras contidas na sua alimentação. Por isso, a Coca-Cola tornou-se “light” e depois “zero”. A Coca-Cola do século XXI será leve e sem açúcar.

Marcações: Valores, EUA , Cinema, Liberdade, América, Hollywood, Coca-Cola, Sonho, Estátua, Dólar

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias