70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos: Onde estamos hoje?

0
0
1
s2smodern

Segundo a Amnistia Internacional, os direitos humanos continuam a não ser cumpridos na totatlidade. Os ativistas dos direitos humanos e movimentos de justiça social enfrentam uma batalha difícil.

Há setenta anos, os então 58 membros das Nações Unidas (ONU) dois grandes marcos fundamentais na Assembleia Geral em Paris: a Convenção sobre a Prevenção e Punição do Crime de Genocídio a 9 de dezembro de 1948; e a Declaração Universal dos Direitos Humanos a 10 de dezembro.

Atualmente, essa conquista é reconhecida como o Dia dos Direitos Humanos. Em alguns países, entre eles a África do Sul, a Namíbia e o Camboja, chega mesmo a ser feriado.

Muitas vezes, a Declaração Universal é criticada como uma tentativa de estabelecer valores ocidentais para manter um domínio global. Os oito principais redatores vieram da Austrália, Chile, China, França, Líbano, União Soviética, Grã-Bretanha e Estados Unidos.

O artigo 1 começa com as palavras: "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos humanos".

70 anos depois, como é que está o mundo?

O segundo secretário-geral da ONU, Dag Hammarskjöld, popularizou o ditado: "a ONU não foi criada para nos levar ao céu, mas para nos salvar do inferno".

Infelizmente para muitas pessoas a vida neste momento está perto do inferno. Mas os números poderiam ser mais dramáticos sem uma organização como a ONU. Alguns dos direitos fundamentais adotaods nos últimos 70 anos podem não ter os efeitos desejados. Mas não foram criados em vão.

Sete décadas após a sua criação, as guerras e o sofrimento humano continuam a multiplicar-se por todo o mundo. Em pleno século XXI, o conjunto de artigos "proclamado como a mais alta inspiração" do ser humano parece ter, em muitos casos, caído em esquecimento. É urgente, por isso, sublinhar a importância global deste documento. 

O nome de Jamal Kashoggi correu o mundo quando, a 2 de outubro, entrou no consulado da Arábia Saudita em Istambul e nunca mais saiu. O jornalista saudita, exilado nos Estados Unidos, foi morto por operacionais do país de origem num caso que terá envolvido o príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman. Os detalhes da operação chocaram o mundo, mas, mesmo assim, a importância dos negócios com a Arábia Saudita fez com que a maioria dos países, que vemos como defensores dos direitos humanos, não tenha tomado qualquer medida contra Riade.

Também este ano, Razan al-Najjar, uma jovem médica palestiniana, foi morta a tiro por soldados israelitas. al-Najjar estava como voluntária a acompanhar os protestos junto à fronteira entre Gaza e Israel e foi morta quando corria em direção à vedação para ajudar um ferido. Razan al-Najjar tinha 21 anos.

No Sudão do Sul, a violência sexual está a ser usada como arma de guerra. Entre os dias 19 e 29 de novembro, mais de 150 mulheres e meninas foram violadas, chicoteadas, espancadas e roubadas por homens vestidos à civil e com uniformes. O grupo dirigia-se para um centro de distribuição de comida, numa zona controlada pelo Governo, quando foi atacado.

Infelizmente, este não é caso único. Recentemente um grupo de peritos das Nações Unidas publicou um relatório onde afirma que centenas de mulheres e raparigas, algumas com menos de 10 anos, têm sido raptadas e usadas como escravas sexuais tanto pelos soldados governamentais como pelos rebeldes.

O que podemos fazer?

A escala dos problemas que te apresentamos é grande, mas o respeito pelos Direitos Humanos começa connosco! Quando respeitas o outro, quando denuncias uma situação que não te parece a mais correta, estás a contribuir para um mundo melhor, onde todas as pessoas "são livres e iguais"

Marcações: Valores, Direitos, ONU, Respeito, Igualdade, Direitos Humanos

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Há vida para além de

    Há vida para além de "A Guerra dos Tronos"?

    8 anos e 8 temporadas depois, "A Guerra dos Tronos" chegou ao fim este fim de semana. Mas, e agora? O que fazer ao tempo dedicado a esta série? Aqui vão algumas sugestões:

  • "Estou sempre a adormecer"

    Quantas vezes dás por ti a adormecer nas aulas? Seja por uma noite mal dormida ou uma tarefa entediante, estar constantemente a fechar os olhos a todo o momento não é algo agradável. Para ficar mais alerta e deixar a preguiça de lado, aqui vão algumas dicas. 

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo V da Páscoa

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo V da Páscoa

    Judas sai para entregar Jesus. Quem fica, alimenta-se de Deus, através de Jesus. A saída de Judas da presença dos discípulos cria o ambiente para a intimidade com os seus. É o tempo da despedida, do testamento final.

  • Os 7 filmes biográficos que tens de ver

    Os 7 filmes biográficos que tens de ver

    Ok, A Guerra dos Tronos não está a ser assim tão fixe. Mas há mais vida (e conteúdo) para além da série! Aqui vão umas sugestões de filmes sobre pessoais reais e que deixam uma importante mensagem para a nossa vida. 

  • 5 coisas que podem fazer de ti uma pessoa feliz

    5 coisas que podem fazer de ti uma pessoa feliz

    O que te faz feliz? Ficar até mais tarde na cama, encontrar dinheiro esquecido no bolso das calças ou o teu prato favorito para o jantar são bons palpites. Mas a felicidade não é percebida da mesma maneira, podendo ir muito além do que imaginamos.

  • Festa do Cinema: Filmes a 2,5€ para todos!

    Festa do Cinema: Filmes a 2,5€ para todos!

    A Festa do Cinema conta este ano com quase 20 filmes da recente produção portuguesa. Na quarta edição, de 13 a 15 de Maio, há mais de 94 mil lugares com bilhetes a 2,5 euros, em mais de 10 mil sessões de filmes em cartaz e em todas as salas de cinema.

  • Qual a origem do nome das cores?

    Qual a origem do nome das cores?

    Já imaginaste a viver num mundo sem cores? Precisamente por estarem presentes em todos os elementos do nosso dia a dia, as cores foram ganhando importância ao longo do tempo. Mas nem sempre existiu uma variedade tão grande como a que conhecemos hoje. 

  • Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo IV da Páscoa

    Escuta, Arrisca e Vive a Palavra | Domingo IV da Páscoa

    Usando a metáfora do pastor e das ovelhas, Jesus, identificando-se com o pastor diz, num primeiro momento, que as suas ovelhas escutam a sua voz.

  • Queres um Super Poder? Experimenta a Calma!

    Queres um Super Poder? Experimenta a Calma!

    Cultivar a calma apesar do que acontece à nossa volta é um grande superpoder. Não me digas que és daquelas pessoas que acha que não tem calma nenhuma e que, à mínima coisa perde a calma (principalmente na altura dos testes ou dos exames!) A boa notícia é que podemos aprender a fazer isso! Como? Ora vamos lá aprender!

  • Para lá da Música:

    Para lá da Música: "Uma Frase Não faz uma canção"

    A sugestão para hoje é bem portuguesa e o seu videoclip acaba de ser lançado. Faz parte do álbum "Liga, Desliga" de Isaura e conta com a participação de Luísa Sobral. 

  • O que é que a tua aparência pode dizer de ti?

    O que é que a tua aparência pode dizer de ti?

    Se dissermos que absolutamente NADA na aparência de uma pessoa nos chama atenção, estaríamos a mentir. Não precisa de ser atenção no sentido sexual da coisa, mas toda a gente tem um traço que parece mais chamativo – uma barba volumosa, um olho com formato diferente, lábios generosos, sardas, o formato do nariz, a largura dos ombros, tatuagens pelo corpo...

  • Novo trailer de

    Novo trailer de "Homem Aranha: Far From Home" já está aqui, mas cuidado com os spoilers!

    O novo trailer de "Homem Aranha" está aqui, mas só os que viram "Endgame" é que podem ver este trailer.