Dia de Darwin: Celebrar a Ciência e as suas descobertas

0
0
1
s2smodern

Hoje celebra-se o dia de Darwin como uma forma de celebrar a Ciência e as suas descobertas. A 12 de fevereiro de 1809, nascia o naturalista britânico que chocaria o mundo com a teoria que, dois séculos mais tarde, se tornaria a mais aceite entre os cientistas para explicar alguns fenómenos ligados à evolução dos seres vivos.

Charles Robert Darwin é o autor da chamada Teoria da Evolução. O britânico pertencia à família Darwin-Wedgwood, que fazia parte da elite inteletual da época – o próprio pai de Darwin era médico. Diz-se que desde criança, gostava de colecionar insetos e ovos de pássaros, além de gostar de observar animais como cães e ratos.

Na Universidade de Edimburgo, Darwin estudou Medicina. Darwin foi também pupilo de Robert Edmond Grant, um pioneiro no desenvolvimento das teorias sobre a evolução das chamadas características adquiridas – a ideia do naturalista francês Lamarck, que afirmava que os seres sofrem modificações ao longo da vida, para se adaptarrm ao meio ambiente. Mais tarde, Darwin também acabaria por estudar Teologia, na Universidade de Cambridge – mas preferia passar o  tempo a colecionar e estudar besouros, na companhia de seu primo William Darwin Fox. 

Foi depois de sofrer todas essas influências que Darwin acabou por embarcar no HMS Beagle, na viagem que mudaria a sua vida – e o curso da ciência moderna. Darwin acompanharia Robert FitzRoy, capitão do barco, que partiria numa expedição de dois anos para mapear a costa da América do Sul.

A expedição durou quase cinco anos – desse tempo, Darwin passou cerca de dois terços em terra firme, a estudar fósseis e organismos vivos (muitos deles novos para a ciência).

Grande parte da concepção da teoria de Darwin aconteceu nas ilhas Galápagos, em que o cientista observou como as cotovias diferiam de uma ilha para outra. É possível imaginar que algumas espécies de aves neste arquipélago derivam de um número pequeno de espécies de aves encontradas originalmente e que se modificaram para diferentes finalidades , anotou. 

Austrália foi outro lugar que o intrigou: o rato-canguru e o ornitorrinco, por exemplo, eram animais tão diferentes de tudo o que o naturalista conhecia, que ele chegou a escrever: um incrédulo poderia dizer que, seguramente, dois criadores diferentes estiveram em ação.

darwin 2

A teoria de Darwin, publicada em 1859 no livro A Origem das Espécies, explica a evolução através da seleção natural: indivíduos com características favoráveis viveriam mais e conseguiriam deixar mais descendentes, que acabariam por perpetuar as mesmas características favoráveis – e que, com o passar dos anos, modificariam  permanentemente sua espécie. Ridicularizada por muitos cientistas nos primeiros anos após sua publicação – a revista Hornet publicou uma caricatura que se tornou célebre, mostrando Darwin como um macaco - , a teoria é hoje amplamente aceite, ensinada em escolas e considerada por muitos a explicação oficial  para a origem das espécies de seres vivos. O termo teoria, porém, persiste, uma vez que ainda não foram encontradas provas definitivas e irrefutáveis das ideias de Darwin.

darwin 3

Darwin morreu em 1882, aos 72 anos de idade, ainda ativo e a trabalhar em aspetos mais controversos da sua principal obra. A pedido dos seus colegas cientistas, foi enterrado na abadia de Westminster, próximo a grandes estudiosos, como Isaac Newton, William Herschel e Charles Lyell. 

Marcações: Ciência, Experiências, Animais, Biologia, Espécies

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias

  • Fumar pode não matar, mas mói

    Fumar pode não matar, mas mói

    Provavelmente começaste a ler o título e pensaste “mais um texto a dizer o mesmo de sempre”. E talvez até seja verdade, visto que a maioria das informações sobre o tabaco já são conhecidas há muitos anos e, por isso mesmo, aquilo que vais encontrando é sempre semelhante mas dito de forma diferente. No entanto gostava que olhasses para este texto pelo menos como uma oportunidade para aprenderes algo.

  • Fala-me Direito: A Interdição

    Fala-me Direito: A Interdição

    A palavra pode ser um pouco estranha, mas sabemos todos, à partida, que estar interdito é estar impedido de fazer algo.  Mas quando é que isto se aplica no Direito?

  • Filmes que desafiam:

    Filmes que desafiam: "Food Inc"

    Hoje não recomendamos "mais um filme", mas acendemos o rastilho da polémica. 

  • Rússia: porque andam a circular diplomatas?

    Rússia: porque andam a circular diplomatas?

    Há cerca de um mês e meio, soubemos da notícia do envenenamento de Sergei Skripal e da sua filha Yulia, em Salisbury, no Reino Unido. Na sequência dessa notícia seguiram várias sobre a expulsão de diplomatas russos de países membros da União Europeia, da NATO e aliados do Ocidente. Porquê?

  • Histórias para Crescer: O verdadeiro ensinamento

    Histórias para Crescer: O verdadeiro ensinamento

    Uma mulher regava o jardim de sua casa e viu três velhos à sua frente.

  • Para lá da música:

    Para lá da música: "Sigh no More" de Mumford & Sons

    Já passaram 8 anos desde o lançamento do disco de estreia dos Mumford & Sons, Sigh no More, mas a sua música e a sua mensagem continuam bem vivas. Apesar de não se assumirem como praticantes de qualquer tipo de religião, os textos da banda britânica tocam várias vezes em temas religiosos.

  • Fala-me Direito: O casamento

    Fala-me Direito: O casamento

    Já falámos sobre a união de facto e os seus efeitos que se assemelham, em muitos aspetos, ao casamento… Mas e então o casamento? É só colocar a aliança e dizer “até que a morte nos separe” e já está?

  • Filmes que desafiam:

    Filmes que desafiam: "Sete Vidas"

    Mais um filme que procura dar-te "um murro no estômago".

  • Será que gosta de mim?

    Será que gosta de mim?

    As pessoas podem realmente ser confusas, especialmente quando se trata de paixonetas. Podem falar constantemente, mas se calhar ainda não te convidaram para um encontro. Pode olhar para ti durante a aula de inglês e depois ignorar-te no corredor. Como podes ter a certeza se aquela pessoa gosta mesmo de ti? Aqui vão alguns sinais.

  • Jovens que Mudaram o Mundo: Maya Angelou

    Jovens que Mudaram o Mundo: Maya Angelou

    Maya Angelou é um importante símbolo da cultura afroamericana. Desde indicações para prémios Pullitzer a Grammys, Angelou foi uma defensora dos direitos civis e da igualdade. 

  • Sentes-te fora do grupo? O que fazer quando te sentires excluído

    Sentes-te fora do grupo? O que fazer quando te sentires excluído

    Quando os teus amigos te excluem de propósito, pode querer dizer que algo se passa. Ou então não! Mas seguem algumas dicas para poderes diferenciar um problema na tua amizade de um comportamento compreensível e razoável.

  • Desafios matemáticos - Consegues decifrar?

    Desafios matemáticos - Consegues decifrar?

    Calma! Não são precisas fórmulas nem calculadoras, apenas o exercício do nosso cérebro.