Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Notice: Trying to access array offset on value of type int in /home/www/html/templates/yoo_bento/warp/src/Warp/Config/Repository.php on line 243

Como se formam os furacões?

0
0
0
s2sdefault

O furacão Harvey, que neste momento atinge os EUA, é um dos mais devastadores furacões que passou no continente sul americano nas últimas décadas. Mais de 30 mil pessoas encontram-se sem casa e registam-se até ao momento 30 mortes. Mas afinal como se formam os furacões?

Entre o nascimento e dissipação de um furacão podem passar-se vários dias. Não conseguimos ver um furacão à nossa frente, como às vezes vês nos filmes, mas sentimos a ventania e a chuva intensa. Os furacões formam-se normalmente no Atlântico Norte,  Pacífico Nordeste e no Pacífico Sul, podendo afetar as Américas, especialmente a do Norte.

Os furacões estão ligados à vaporização da água das chuvas, em primeiro lugar. Falamos de chuvas intensas e não de pequenos aguaceiros. Depois da vaporização, a condensação do vapor faz com que o mesmo caia novamente em forma de água. Quando esta etapa ocorre nas águas quentes do oceano, normalmente com temperaturas acima dos 27ºC, há a possibilidade de se formam um furacão. 

Um furacão visto de um satélite

Como este aquecimento de água acontece normalmente em zonas tropicais, isto é, entre os Trópicos de Caranguejo e Capricórnio, normalmente os furacões são classificados como ciclone tropical.  Nessas latitudes, a água transforma-se em vapor e sobe aquecida do oceano para as nuvens, deixando a região atmosférica, próxima à superfície do mar, com uma pressão menor. Isso faz com que o ar frio, que possui uma pressão maior, invada o espaço desocupado pelo vapor que subiu. Com isso, o ar frio também se aquece e sobe em movimentos circulares.

Quando se movimenta pelas zonas litorais, os furacões ficam cada vez mais fortes, podendo os ventos ultrapassar os 200 km/h. A escala Saffir-Simpson classifica os furacões em cinco categorias. A Categoria 1 agrupa os furacões com ventos de 119 km/h a 153 km/h; já a Categoria 5 reúne furacões com ventos acima de 249 km/h. O furacão Harvey foi classificado com o nível 4. 

Resultado de imagem para hurricane harvey gif

A passagem do furacão Harvey no estado do Texas

Já na alta atmosfera, o ar quente arrefece e transforma-se em nuvem, formando um sistema de nuvens e ar em movimento. O calor do oceano e da água que evapora faz com que os ventos acelerem cada vez mais, formando uma corrente de ar que se desloca em um movimento circular, fazendo com que o furacão pareça um cone. 

Resultado de imagem para hurricane harvey gif

A evolução do fiuracão Harvey nos EUA, visto dos satélites

O curioso é que, apesar da rapidez em que os ventos circulam, o olho do furacão fica em relativa calmaria, numa média de 30 km/h. O motivo é simples: com ventos em sentido circular, a velocidade fica só nas paredes do tornado, deixando uma passagem livre no centro.

Um facto interessante é que, no Hemisfério Sul, os furacões movimentam-se no sentido horário; mas, no Hemisfério Norte, no sentido anti-horário, isto porque o ar concentra-se em direções diferentes. 

Quanto ao furacão Harvey, nas últimas 12 horas os ventos e chuvas acalmaram - o vento tinha a velocidade de 75km/h, mas os especialistas dizem que é difícil prever quando atinge mesmo a fase de dissipação. 

 

Marcações: Ciência, Tempestades

0
0
0
s2sdefault

Últimas Notícias

  • Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    Sexta-Feira Santa: O dia do silêncio

    A celebração de Sexta-Feira Santa é a mais original de todas as da Liturgia romana: Não há eucaristia. O silêncio, o jejum, a oração, as devoções tradicionais, sobretudo as que ajudam a meditar e orar o mistério da cruz, elemento central deste dia ... 

  • Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Quinta-Feira Santa: A melhor lição de Jesus

    Com a missa da Ceia do Senhor começa o Tríduo Pascal da morte, sepultura e ressurreição do Senhor. São João dá-nos a chave de tudo o que vivemos: "Amou-nos até ao extremo". 

  • Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    Nos passos de Jesus: A fome no mundo

    A nossa proposta de reflexão de hoje centra-se nas milhares de pessoas que passam fome no mundo. Hoje propomos-te os números da fome no mundo. O que podemos nós fazer para inverter esta situação? 

  • O meu pai é o melhor do mundo!

    O meu pai é o melhor do mundo!

    É a maior frase feita do mundo, já sabemos. Infelizmente, contudo, nem toda a gente tem a felicidade de ter um pai tão fixe como os nossos. É por isso que hoje decidimos agradecer a todos os pais fixes do mundo. 

  • Como lidar com

    Como lidar com "bullies"?

    Se estás a ser vítima de "bullying", há muito que podes fazer. Enquanto táticas diferentes funcionam para pessoas diferentes, lembra-te que nunca estás sozinho.

  • Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos passos de Jesus: A vida no Hospital

    Nos hospitais também há crianças e adolescentes. Os acidentes ou as doenças não escolhem idades. Vale a pena dialogar acerca do que é a vida no hospital.

  • Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Imigrantes: o que posso aprender com eles?

    Portugal tem sido um país de acolhimento de variadas culturas. Motivações económicas e políticas são as principais causas para muitas pessoas largarem aquilo que conhecem como casa, como lar. O que podemos aprender com estas histórias de vida?

  • 5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    5 factos sobre o Dia Internacional da Mulher

    Há mais de 100 anos que o dia 8 de março ficou conhecido como o Dia Internacional da Mulher. Ainda que tenha diferentes significados em vários pontos do globo, hoje é preciso fazer mais do que publicar uma foto com uma hashtag catita.

  • Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Nos passos de Jesus: perseguidos pela fé

    Segundo o relatório sobre a Liberdade Religiosa no mundo, a Fundação da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 20% dos países do mundo não respeitam a liberdade religiosa.

  • O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    O meu amigo está a experimentar drogas, o que posso fazer?

    Hoje a nossa proposta de reflexão é a da liberdade dos vícios. São situações muito difíceis de gerir e às quais temos de ter um grande nível de empatia e compreensão. 

  • Sábado Santo: O dia do

    Sábado Santo: O dia do "nada"

    A celebração de Sábado Santo consiste em não ter celebrações. 

  • Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Nos passos de Jesus: O que posso fazer pelos refugiados?

    Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2017, estavam deslocadas contra a sua vontade 68,5 milhões de pessoas em todo o mundo, em resultado de guerras, conflitos armados ou violação dos direitos humanos.