Cientistas conseguiram editar cérebros de ratos...Podemos ser nós a seguir?

0
0
1
s2smodern

No futuro, os cientistas podem ser capazes de editar os nossos cérebros para que consigamos viver mais tempo. 

 

Esta conclusão foi feita a partiur de uma manipulação bem sucedida com ratos, ajustando o fornecimento de águmas células que poderão estar relacionadas com o envelhecimento ao cérebro. 

"Ao reabastecer essas células  ou moléculas que produzem, é possível reverter vários aspectos do envelhecimento em todo o corpo", disse Dongsheng Cai, farmacologista molecular do Albert Einstein College of Medicine num comunicado.

Os ratos que foram reabastecidos com essas células viveram até 15% mais do que o habitual, de acordo com o novo estudo, enquanto aqueles que sofreram uma redução de 70% dessas células estaminais tendem a viver alguns meses menos do que o padrão. Os corpos sofreram mudanças significativas, como diminuição da massa muscular, espessura da pele - e as suas mentes também lutaram mais com memória, aprendizagem e coordenação.

Embora fosse incrível que os cientistas pudessem estender o tempo de vida do ser humano dessa maneira, não há provas que as pessoas envelheçam da mesma forma que os ratos. No entanto, os investigadores estão à espera de implantar as células-tronco neurais em seres humanos e ver o que acontece.

"É claro que os humanos são mais complexos", disse Cai ao The Guardian. "No entanto, se o mecanismo for mais ou menos o mesmo, podemos esperar para começar a ver efeitos".

Marcações: Ciência, Animais

0
0
1
s2smodern

Últimas Notícias